Branco Mello, dos Titãs, fará cirurgia para retirada de tumor

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor e baixista Branco Mello, do Titãs, ficará afastado dos shows para a retirada de um tumor na hipofaringe -a entrada para o esôfago, segundo a assessoria da banda. O tumor é reincidente de um anterior, tratado em 2018.

Em nota, os Titãs informaram que o tumor de Branco Mello foi detectado durante uma exame de rotina. Ele ficará afastado de suas atividades até a completa recuperação da cirurgia. "Queridos amigos, logo estarei de volta!", escreveu Branco Mello nas redes sociais.

A banda segue com a agenda de shows com a participação do baixista Caio Góes Neves como convidado especial até a volta de Mello aos palcos.

Em 1998, o músico passou uma cirurgia para corrigir um aneurisma de aorta (dilatação da principal artéria do coração). Na época, Branco Mello falou que foi um susto, mas foi bom o problema ter sido diagnosticado a tempo.

Foi colocada em Mello uma prótese de plástico especial para substituir os 5 cm da artéria dilatada e uma prótese metálica no lugar da válvula aórtica (espécie de porta que regula o fluxo de saída de sangue do coração para a aorta).

Na ativa desde os anos 1980, a banda passou por diversas formações. Atualmente, fazem parte dos Titãs os integrantes Tony Bellotto, Branco Mello e Sérgio Britto, que tocam acompanhados pelos músicos Mario Fabre (bateria) e Beto Lee (guitarra).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos