Boris Johnson escreverá livro de memórias sobre seus anos em Downing Street

Boris Johnson discursa em seu último dia como primeiro-ministro do Reino Unido

LONDRES (Reuters) - O ex-primeiro-ministro do Reino Unido Boris Johnson deve escrever um livro sobre seu tempo na residência oficial e gabinete em Downing Street, depois de assinar um contrato com a Harper Collins, informou a editora nesta segunda-feira.

Johnson deixou o cargo de primeiro-ministro no início de setembro, depois de perder o apoio de ministros e parlamentares após meses de escândalos, incluindo festas na sede do governo enquanto o resto do Reino Unido vivia sob um rígido regime de lockdown durante a pandemia de Covid-19.

Ainda não há detalhes sobre quanto Johnson está recebendo ou quando o livro será lançado.

Arabella Pike, diretora editorial de uma divisão da Harper Collins, que adquiriu os direitos do livro, afirmou que o livro de memórias é "como nenhum outro".

"Estou ansiosa para trabalhar com Boris Johnson enquanto ele escreve seu relato de seu tempo no cargo durante alguns dos eventos mais importantes que o Reino Unido viu nos últimos tempos", disse ela.

(Reportagem de Andrew MacAskill)