Como dar um boost na imunidade usando só a alimentação

Marcela De Mingo
·3 minuto de leitura
Close up of a group of female friends having a healthy meal after a yoga workout
Close up of a group of female friends having a healthy meal after a yoga workout

"Ai, acho que eu tô com a imunidade baixa". Você já deve ter ouvido ou falado essa frase alguma vez na vida. De fato, é possível perceber quando o nosso sistema imunológico anda meio capenga: um resfriadinho aqui, um cansaço a mais (e sem motivo) ali, uma dor de cabeça extra, um herpes que estoura no canto da boca… enfim, o corpo avisa quando não anda bem, basta prestar atenção nos sinais.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

E, em tempos de pandemia de coronavírus, uma coisa é certa: não dá para vacilar quando o assunto é a nossa imunidade, ou seja, a capacidade do nosso corpo de se proteger de agentes causadores de doenças, como vírus e bactérias. "Identificamos uma imunidade baixa quando ficamos gripados com facilidade", explica a nutróloga Dra. Ana Luísa Vilela. "E temos infecções como candidíase ou micoses".

É por isso que, nesse quesito, a alimentação tem um papel importantíssimo, ao lado de outros elementos essenciais, com descanso, baixos níveis de estresse, sono em dia e uma rotina de exercícios físicos. Por isso, fique de olho em alguns elementos essenciais para manter o seu sistema imunológico bem e onde encontrá-los:

Leia também

1.Foco nas células vermelhas

Alimentos como folhas verdes (rúcula, couve), feijão e até mesmo carnes, mantém o nível de células vermelhas no sangue. Essas células são responsáveis por transportar oxigênio para todo o corpo, além de garantir que os nutrientes cheguem nas células. Ou seja, elas precisam funcionar bem para que os nutrientes e vitaminas que você consome sejam devidamente distribuídos para o restante do corpo.

2.Alô, vitamina C

"Frutas como o kiwi e a acerola são ricas em vitamina C, muito importante para o sistema imunológico, que protege o corpo contra invasores", explica a médica.

3.Já consumiu sua dose de zinco hoje?

Talvez você nunca tenha parado pra pensar na importância de um elemento como o zinco para o seu corpo, mas ele é essencial para a regeneração celular. Você o encontra em carnes (como músculo), frutos do mar (caranguejos) e nos ovos.

4.Carotenoides, seu novo melhor amigo

Os carotenoides são compostos bioativos que protegem o corpo de uma série de condições degenerativas, como câncer e doenças cardiovasculares. É toda uma família de elementos que você encontra em vários alimentos. Por exemplo, os betacarotenos são encontrados em alimentos alaranjados, como mamão, abóbora e cenoura. Já o licopeno (vermelho) é encontrado em frutas como a goiaba, o morango e o tomate.

Imunidade: quanto e quando consumir de cada nutriente e como dar um boost?

De acordo com a médica, o consumo de nutrientes deve ser diário, sempre, mas existem uma série de alimentos com os mesmos nutrientes, o que garante uma alimentação variada. Ou seja, para ter a sua dose diária de vitamina C, por exemplo, você não precisa consumir meio limão espremido todos os dias, mas pode comer um kiwi em um dia, uma acerola no outro, o limão no terceiro e assim por diante. "Variar a alimentação nos gerante nutrientes diferentes", diz ela.

Outro ponto importante: lembre-se de comer proteínas em todas as refeições, mesmo que sejam de origem vegetal. Ela será essencial para manter a imunidade alta e funcionando corretamente.

No mais, para quem sente que deu uma vacilada quando o assunto é o cuidado com a saúde do corpo, não tema. É possível dar um boost no sistema imunológico com um shot matinal, algo como um suco, que mistura cúrcuma, morango, cenoura, couve e limão. Ah, mas um detalhe importante: não vale coar depois de bater! As fibras são muito importantes e fazem maravilhas pela saúde do intestino. Seu corpo agradece!

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube