Boninho joga indireta após erro em 'A Fazenda', mas leva invertida sobre assédio

Bárbara Saryne
·1 minuto de leitura
Victor Sarro rebateu Boninho nas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)
Victor Sarro rebateu Boninho nas redes sociais (Foto: Reprodução/Instagram)

A produção do reality ‘A Fazenda’ não para de cometer erros. Nesta quarta-feira (9), por exemplo, Jojo Todynho foi anunciada como fazendeira após um vacilo na atividade. O público e os próprios participantes fizeram tantas reclamações que Mion precisou entrar ao vivo para refazer a prova. A atividade varou a madrugada e acabou consagrando Stefani Bays campeã.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Mesmo com a reviravolta, os comentários negativos repercutiram nas redes sociais. Muitos postaram que estão com saudade da credibilidade do ‘BBB’ nas provas. Boninho, então, entrou na zoeira e jogou uma indireta em seu Twitter. “Estou torcendo para janeiro chegar logo”, disse, focado nos preparativos para o próximo ‘BBB’. O programa tem sua estreia marcada para o dia 25 de janeiro e contará com anônimos e famosos novamente.

Leia também

Internautas entenderam que a mensagem de Boninho naquele momento de tensão teve a intenção de provocar a concorrência. O humorista Victor Sarro, que comanda as lives com os eliminados da ‘Fazenda’, não gostou e foi na ferida: “Será que em janeiro finalmente sairá a matéria no ‘Fantástico’ falando sobre o assédio sexual na emissora? Vamos aguardar ansiosos!”, publicou.

A postagem de Victor Sarro foi baseada nos relatos de assédio que Dani Calabresa sofreu de Marcius Melhem nos bastidores da Globo. A revista Piauí publicou uma reportagem sobre o assunto na sexta-feira (5), mas a emissora demorou para comentar o caso. Apenas na terça-feira (8), de maneira superficial, o ‘Jornal Nacional’ abordou o caso. Nas redes sociais, a Globo tem sido cobrada.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube