Bong Joon-ho se desculpa por ganhar muitos prêmios no Oscar

João Pedro Malar*


O sul coreano Bong Joon-ho, diretor do filme Parasita, pediu desculpas por ter ganho muitos prêmios durante a cerimônia do Oscar. O comentário foi feito para os profissionais que gravam os nomes dos vencedores nas estatuetas.

Bong, acompanhado de outros responsáveis por Parasita, estava entregando suas estatuetas para elas receberem seu nome quando se desculpou. “Me desculpe pelo trabalho duro. São muitas”, disse ele, sorrindo logo depois. O vídeo, que mostra a interação na mesma noite da premiação, no domingo, 9, foi publicado pela revista Variety.

Depois que as estatuetas receberam o nome do diretor, Bong posou para algumas fotos com elas. Junto dele estava uma das produtoras do longa, Kwak Sin-ae, que discursou após a vitória da produção como melhor filme.

O filme Parasita foi o grande vencedor da noite, ganhando quatro estatuetas, entre elas as de melhor filme internacional e melhor filme. Bong Joon-ho ganhou o Oscar de melhor diretor e também o de melhor roteiro original. Ele também ganhou prêmios no Bafta, considerado o Oscar do Reino Unido, e no Festival de Cannes pelo filme.

Com 51 anos, o diretor ficou bastante popular nas redes sociais após a vitória, em especial com o seu carisma, com comentários como “eu vou beber até o dia seguinte” em um dos seus discursos e pelo agradecimento a Quentin Tarantino e Martin Scorsese, outros diretores com quem dividia a indicação na categoria de melhor diretor.

Parasita se tornou a primeira produção estrangeira e sem o inglês como língua principal a ganhar o Oscar de melhor filme. O longa desbancou o favorito, 1917, e filmes como Era uma Vez Em… Hollywood e Coringa. Confira a lista completa de vencedores do Oscar.

*Estagiário sob supervisão de Charlise Morais