Bolsonaro tenta consultar STF para colocar amigo de Carlos na chefia da Polícia Federal

(Foto: Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro, temendo uma onda de processos contra a indicação de Alexandre Ramagem para diretor-geral da Polícia Federal, pediu a auxiliares que fizessem consultas informais a ministros do Supremo Tribunal Federal sobre o risco dessa indicação ser barrada. As informações são da Folha de S.Paulo.

Ramagem é amigo do vereador Carlos Bolsonaro, o filho 02 do presidente e investigado pela PF como um dos articuladores de esquema de espalhar fake news.

Leia também

Ramagem é diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência e foi chefe de segurança de Bolsonaro em 2018, quando se aproximou de Carlos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

No domingo, Bolsonaro respondeu a uma seguidora nas redes sociais “E dai?” sobre a amizade entre Ramagem e Carlos.

Bolsonaro também deve nomear nesta segunda outro amigo da família para um posto importante: trata-se de Jorge Oliveira, atual secretário-geral da Presidência, para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, no lugar der Sergio Moro.

Oliveira foi chefe de gabinete e padrinho de casamento de Eduardo Bolsonaro, o filho 03.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.