Bolsonaro quebra protocolo ao permanecer em silêncio após eleições

Bolsonaro quebra protocolo ao permanecer em silêncio após eleições credit:Bang Showbiz
Bolsonaro quebra protocolo ao permanecer em silêncio após eleições credit:Bang Showbiz

O presidente Jair Bolsonaro ainda não se pronunciou sobre o resultado do segundo turno das eleições presidenciais, quebrando a tradição de eleições passadas.

Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito presidente do Brasil no último domingo, com 60,3 milhões de votos (50,9% dos votos válidos).

Desde então, o atual chefe de Estado não fez nenhum pronunciamento público ou em redes sociais, contrariando a tradição que vê candidatos derrotados telefonarem aos adversários.

Bolsonaro não foi a nenhum compromisso oficial no dia seguinte ao resultado do pleito, mas se reuniu no Palácio da Alvorada com o tenente-coronel Mauro Cid e seu candidato a vice, Braga Netto.

Após isso, o Chefe do Executivo foi ao Palácio do Planalto, onde passou a tarde e não falou com apoiadores e imprensa.

Apesar do silêncio de Bolsonaro, houve contato entre o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, e o atual vice-presidente, Hamilton Mourão, em uma ligação, e alguns dos apoiadores famosos do governo Bolsonarista também reconheceram o resultado das eleições – a exemplo de Damares Alves, Carla Zambelli, Silas Malafaia, Sérgio Moro e Tarcísio de Freitas.

Na noite da eleição, Lula comentou sobre não ter recebido o tradicional telefonema de Bolsonaro.

"Vocês sabem que a gente vai ter que ter um governo para conversar com muita gente que está com raiva. Em qualquer lugar do mundo, o presidente derrotado já teria ligado para mim reconhecendo a derrota. Ele, até agora, não ligou, não sei se vai ligar e não sei se vai reconhecer", disse ele.