Bolsonaro pode ficar inelegível? Entenda ação no TSE

O atual presidente Jair Bolsonaro (PL) pode se tornar inelegível nas eleições 2026. Segundo informações do blog da Andréia Sadi, compartilhadas nesta terça-feira (8), a chapa formada pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e seu vice, Geraldo Alckmin, teria entrado com uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) durante as eleições, acusando o chefe do Executivo, seu filho, Carlos, e outros assessores, de operar um "ecossistema de desinformação".

Supostamente, isso teria sido feito para manipular os eleitores de forma a influenciar no resultado das eleições de 2022, o que é ilegal. O portal indica que o Partido dos Trabalhadores (PT) está insistindo para que Bolsonaro se torne inelegível, de forma a evitar que ele possa retornar como uma força política ameaçadora em 2026.

Em 18 de outubro, o corregedor da Corte, ministro Benedito Gonçalves, determinou a abertura da investigação, com pedidos de explicação a Carlos Bolsonaro, seu pai e outros alvos; a suspensão da monetização de vários canais bolsonaristas até o fim da eleição; e também a proibição da exibição do documentário "Quem mandou matar Jair Bolsonaro?", produzido pela Brasil Paralelo.

Até o momento, o TSE não decidiu se aceita o último pedido de cassar os registros eleitorais dos investigados, tornando-os inelegíveis por 8 anos. Outros nomes que foram...

Leia +


Leia +

Bolsonaro: entenda corte bilionário na Educação que inviabiliza universidades públicas
Bolsonaro e o corte de verbas: educação, saúde e ações sociais são prejudicadas. Entenda
João Guilherme vira alvo da família após criticar apoio a Bolsonaro. Entenda!