Bolsonaro 'não faz questão de não ser lambe-botas de Trump', diz Lula

Lula disse que Bolsonaro não faz questão de 'não ser um lambe botas do Trump'. (Foto: AP Photo/Andre Penner, File)

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o Brasil possui uma tradição político-diplomática de “construtor da paz” e deve evitar a tensão entre Estados Unidos e Irã. O petista ainda repudiou a manifestação feita pelo governo de Jair Bolsonaro a respeito da morte do general Qasem Soleimani, dizendo que “não há necessidade de se inventar ‘terrorismo’ no Irã”.

“O momento não é adequado para o Brasil se meter em uma briga externa. O Brasil não tem contencioso com o mundo, sempre manteve uma política diplomática harmoniosa. Devemos ser um construtor de paz”, escreveu o ex-presidente em sua conta no Twitter, após uma entrevista ao site "Diário do Centro do Mundo".

Leia também

Para Lula, os EUA “gostam” de confusão e que essa escalada de tensão contra o Irã visa uma “campanha eleitoral”. “Os Estados Unidos gostam de criar confusão e de preferência longe do território deles. Não há necessidade de se inventar ‘terrorismo’ no Irã (...). Os EUA precisam sempre eleger um inimigo. Isso está me cheirando a campanha eleitoral.

Por fim, ele afirmou que o presidente Jair Bolsonaro é “lambe botas” de Trump. “Na relação internacional sempre são dois interesses: o seu e o do outro. Você tem que sempre equilibrar o deles com o seu. O Bolsonaro não faz a menor questão de não ser um lambe botas do Trump.”

Leia mais sobre o conflito entre Estados Unidos e Irã