'Bolsonaro não tem nada contra viado', diz Amin Khader no Rock in Rio

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Ex-funcionário de Gal Costa -ele era uma espécie de assessor de imprensa/secretário particular da cantora- e ex-apresentador da RecordTV, Amin Khader, 66, foi um dos primeiros famosos a chegar na Cidade de Rock nesta sexta-feira (2), primeiro dia de festival.

Amin postou em Twitter há três dias uma declaração de amor ao presidente Jair Bolsonaro (PL) -"Te amo!"- e agora se diz surpreso com a repercussão, além de afirmar que "o voto é secreto".

"Não vou revelar em quem vou votar nestas eleições de outubro, mas tenho, sim, um respeito pelo Bolsonaro antes mesmo de ele ser candidato a presidente", comentou.

Ao ser perguntado se existia algum laço de amizade entre os dois, também negou. "Amigo, não. Mas ele nunca deixou de me cumprimentar quando me vê. Ele continua sendo a mesma pessoa comigo."

Amin ainda saiu em defesa de Bolsonaro quando o assunto foi o conservadorismo e a falta de apoio do presidente à causa LGBTQIA+. "Ele não tem nada contra viado, nada mesmo".