Bolsonaro não sabe o que é Lei Rouanet e Ancine, diz Alexandre Frota

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 19.06.2022 - Pré-candidato a deputado estadual em São Paulo, Alexandre Frota, do PSDB. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 19.06.2022 - Pré-candidato a deputado estadual em São Paulo, Alexandre Frota, do PSDB. (Foto: Greg Salibian/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Pré-candidato a deputado estadual em São Paulo, Alexandre Frota, do PSDB, esteve no Camarote Pride do hotel Blue Note na Parada LGBT neste domingo (19), ocasião em que criticou o presidente Jair Bolsonaro, do PL, sobretudo por sua gestão cultural, rebaixada de ministério a secretaria.

Frota afirmou à reportagem que Bolsonaro "tem pouco conhecimento sobre cultura, não conhece a Lei Rouanet, não conhece a Ancine", mas que havia prometido a ele, durante a campanha eleitoral passada, que trabalharia em prol do setor caso se elegesse.

"Bolsonaro prometeu para mim que ia dar uma solução para uma cultura com mais investimentos. O problema é que, assim que assumiu, ele traiu todos nós. Ele se vingou da classe artística, porque nunca engoliu aquela hashtag #EleNão", disse o deputado. "Muita gente em torno dele, principalmente os filhos, inviabilizou toda a proposta que ele disse para gente que teria."

Frota também discutiu sua saída do PSL, partido pelo qual tanto ele quanto o presidente foram eleitos, ainda no primeiro ano de seu mandato como deputado federal, e disse que, contra Bolsonaro, votaria em qualquer um, até em Lula, do Partido dos Trabalhadores, uma das figuras políticas que mais atacou no pleito de quatro anos atrás.

"O brasileiro já decidiu em relação a Bolsonaro ou a Lula. Não existe terceira via. A terceira via é uma mentira. É morta, não é organizada e não vai chegar lá. Se você fizer as contas, não tem tempo para surgir um herói ou uma heroína capaz de mudar a história. A gente precisa encontrar uma maneira concreta de tirar o Bolsonaro de lá. Eu lutei para colocá-lo lá e vou lutar para tirá-lo."

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos