Bolsonaro aplaude enquadrada de Anitta no PT mas exclui trecho que o chama de 'Valdemort'

*8Arquivo**SÃO PAULO, SP, BRASIL, 25/01/2020 - A cantora Anitta durante seu show
*8Arquivo**SÃO PAULO, SP, BRASIL, 25/01/2020 - A cantora Anitta durante seu show

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cantora Anitta usou suas redes neste sábado (16) para desautorizar o PT, Partido dos Trabalhadores, a usar seu nome ou sua imagem nas campanhas do partido, com a única exceção para Lula, a quem reafirmou seu apoio. No segundo post da thread publicada em sua conta oficial no Twitter, Anitta usa o termo 'Valdemort', o vilão da saga Harry Potter, para se referir ao presidente Jair Bolsonaro.

Nele, ela afirma que apoia o ex-presidente Lula porque as pesquisas apontam que ele seria o único candidato capaz de derrotar o atual presidente nas eleições que acontecerão em outubro. Com a repercussão da publicação feita pela cantora, o candidato à reeleição decidiu compartilhar a mensagem com seus seguidores junto a emojis de aplausos.

Bolsonaro deixou de fora a parte em que é chamado de 'Valdemort', e ainda precisou a recorrer a um print do post de Anitta porque foi bloqueado pela cantora em abril deste ano, quando ela ainda sugeriu ao presidente que ele fosse "catar o que fazer".

Na thread, a cantora ainda afirma que deixará suas convicções políticas para as próximas eleições e que, no momento, está focada em evitar a reeleição de Bolsonaro. Além disso, ela deixa claro que ainda estudará para quem irão seus votos para governador e deputados.

Anitta declarou seu apoio a Lula na segunda-feira (11) e se colocou à disposição para ajudar na campanha do ex-presidente usando de sua influência e força nas redes sociais. Desde então, a cantora tem realizado diversas publicações sobre o assunto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos