Bolsonarista, Gusttavo Lima ouve gritos por Lula após falha em show

Gusttavo Lima em show sertanejo. Foto: Daniel Pinheiro/AgNews
Gusttavo Lima em show sertanejo. Foto: Daniel Pinheiro/AgNews

Resumo da notícia:

  • Em show na Bahia, o cantor sofreu com pane no som

  • O público aproveitou para gritar a favor do presidente eleito Lula

  • Gusttavo Lima é apoiador declarado de Jair Bolsonaro

Gusttavo Lima fez um show em Salvador, na Bahia, e teve que lidar com uma falha no som no meio da apresentação. Além disso, o cantor ainda precisou escutar o público baiano gritando pelo nome do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A questão é que o sertanejo é apoiador declarado de Jair Bolsonaro (PL), atual presidente e candidato derrotado na eleição presencial que aconteceu em outubro.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A apresentação aconteceu no festival "Virada Salvador" e, de acordo com informações do colunista Kadu Brandão, do "iG Gente", a pane durou por cerca de oito minutos. Durante esse período, o público gritou "Olê, olê, olê, olá, Lula, Lula".

Após a volta do som, o sertanejo não teria conversado com o público e apenas seguiu o show cantando hits da carreira. Durante a apresentação, o cantor pediu para que as pessoas dessem valor para quem esteve com elas nos momentos difíceis. "Nessa vida nada se leva", afirmou.

Gusttavo Lima nas eleições

Em outubro, mostrando apoio a Bolsonaro, o cantor chegou a declarar "É sobre o futuro dos nossos filhos, sobre o agro, sobre as pessoas no interior, sobre as pessoas que colocam comida na mesa de cada brasileiro". O cantor fez presença em uma coletiva ao lado do atual presidente e ao declarar seu voto, perdeu mais de 150 mil seguidores.

"Todos os nossos seguidores, todo mundo que compartilha da mesma ideia que a gente, todos os nossos fãs, peço que pense, repense, mais uma vez, porque o que está em jogo não é algo meu, mas de toda a nossa nação. O futuro dos nossos filhos, o futuro da próxima geração", disse Gusttavo em outra declaração. Além dele, Leonardo, Zezé di Camargo e mais sertanejos se posicionaram a favor da reeleição de Jair Bolsonaro, que obteve 49,10% dos votos (58.206.354) contra 50,90% (60.345.999) de Lula.