Bob Dylan expõe instalação e pinturas na Provença francesa

"Rail car", escultura do cantor e músico americano Bob Dylan, Prêmio Nobel de Literatura, instalada na propriedade vinícola Château La Coste, na França, em 5 de maio de 2022 (AFP/CLEMENT MAHOUDEAU) (CLEMENT MAHOUDEAU)

O músico e ganhador do Prêmio Nobel de Literatura Bob Dylan expõe, pela primeira vez, pinturas e a instalação de ferro forjado "Rail Car" ("Vagão"), na Provença francesa.

"Rail Car" assume a forma de um "esqueleto" de vagão de trem, vazio e adornado com fragmentos de escadas, bicicletas, grades... Tudo isso em ferro forjado. A escultura foi instalada entre os vinhedos do Château La Coste, uma vinícola perto de Aix-en-Provence (sudeste).

Na galeria de arte dessa mesma propriedade, Dylan também expõe 24 telas sob o lema "Drawn Blank in Provence" (2008-2013).

São pinturas feitas "com base em desenhos (do artista) durante suas turnês pela Europa e pelos Estados Unidos entre 1989 e 1991", detalha o comunicado do Château La Coste.

A exposição ficará aberta até 15 de agosto.

O pavilhão onde fica a galeria de arte foi projetado pelo arquiteto Renzo Piano e já conta com obras de Claude Monet, Henri Matisse, ou Marc Chagall. Todos esses artistas influenciaram Dylan no processo de criação de sua série "Drawn Blank".

“Em paralelo, os visitantes poderão descobrir um tríptico em grande escala, criado por Bob Dylan em 2021 e instalado na galeria Richard Rogers”, acrescenta o texto.

Cantor e compositor, inovador da música "folk" americana, ator e artista visual, Dylan já vendeu mais de 110 milhões de discos no mundo.

jp/ol/sp/jz/mb/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos