Homens de terno

Tá Na Moda

Dois segundos. É esse o tempo para o outro criar uma impressão a nosso respeito, segundo a Universidade de Harvard. Uma impressão que pode ou não se confirmar de acordo com nossas atitudes, postura e, principalmente, caráter. Mas na hora de se apresentar para um cliente, conduzir uma reunião ou até mesmo numa entrevista de emprego essa impressão causada pela imagem pode ser decisiva.

Este é um dos motivos que muitas empresas adotam o terno como “uniforme de trabalho masculino”.  O conjunto de paletó e calça, acompanhado de camisa e gravata, transmite seriedade, credibilidade e a formalidade que algumas profissões necessitam. “Uma roupa intimamente ligada à ideia de poder”, segundo Fernando de Barros em seu livro Elegância – Como o homem deve se vestir.

Usar o terno como ferramenta para passar a melhor das impressões tem também seus truques. É importante que a modelagem favoreça o tipo físico, enquanto as combinações entre camisas e gravatas ajudam a expressar a personalidade. Algumas dicas que podem ajudá-lo a compor um look formal sob medida, ou seja, levando em conta o que o favorece e seu gosto pessoal:

  •     O paletó deve se ajustar perfeitamente ao formato dos ombros. É a primeira coisa que você deve observar na hora de comprar um terno.

  •     A modelagem ideal cai rente ao corpo sem marcá-lo: o paletó não pode ser justo, nem largo demais – já que o excesso de tecido dá a impressão de que se é mais "cheinho". Experimente até encontrar a modelagem que vista melhor em você.
  •   A manga da camisa deve aparecer sob o paletó: use a camisa cerca de 1 centímetro mais comprida do que o paletó para um visual mais elegante e alongado.
  •  Uma sutileza que faz muita diferença: o colarinho mais adequado ao seu tipo físico. Escolha o que te mais favorece, de acordo com as dicas abaixo.

  •  Atenção às mangas compridas demais e às barras das calças cheias de sobras: na hora da compra atente a esses detalhes que fazem a diferença e peça ao vendedor para deixá-las na medida exata para você. A barra da calça deve estar na altura do peito do pé, sem sobras.
  •  O último botão do terno deve ser usado sempre aberto.
  •  A gravata deve estar acima do cinto.

  • A cor da meia deve estar alinhada com a cor da calça e do sapato. A palavra-chave aqui é discrição: quanto menos se destacarem, melhor.
  • Personalize o jogo entre camisa e gravata de acordo com seu estilo. Mais discreto? Camisa lisa ou listrada com gravata lisa sempre dá certo. Gosta de um pouco mais de ousadia? Misture padrões como o quadriculado da camisa com as listras da gravata. Para não errar na combinação procure uma cor em comum entre as estampas.

  • Sapatos clássicos de couro completam a produção. O preto é um curinga: vai bem com terno azul marinho, preto e cinza – as melhores cores para se ter no  guarda-roupa.  
  • Não custa lembrar: esqueça as gravatas de personagem ok?