A quem interessa uma mulher submissa?

Ontem diversas pessoas me mandaram o link de um vídeo chamado "Como ser submissa a uma pessoa omissa?". Pois é, quem conhece esse blog sabe muito bem que só de ler o nome já tive calafrios.

A primeira pergunta que me fiz foi: por que estar com alguém omisso? Se a pessoa é omissa é porque não está interessada em você, não se importa e não quer se importar, então, por que raios você dedicaria sua vida a isso?

Leia também:
Evangélicos também gostam de sexo!
Ciumento ou controlador, qual a diferença?
É proibido ser solteira

Aí a gente lembra da primeira parte do nome do vídeo "como ser submissa". Essa é a hora de respirar fundo. Não estamos falando de submissão sexual por prazer ou diversão, estamos falando de ser uma pessoa que abaixa a cabeça às decisões, presença, ideias e vontades do outro. No meu mundo não tem como ser feliz desse jeito, apagando quem você.

A crença ali é que, da porta de casa pra fora, você deve ser uma mulher forte, incrível, de atitude. Mas dentro de casa deve ficar bem quietinha e mostrar que meu marido é o rei do mundo.

Para piorar, estamos falando de religião. E quando o assunto é religião as pessoas deixam de pensar e simplesmente aceitam o que está sendo dito por um "enviado de Deus".

Não sei de onde as pessoas tiraram essa interpretação de que mulher tem que servir o homem — apesar de entender muito bem que tem gente ganhando muito com isso. Minha educação religiosa — sim eu tive, não vim do inferno como muitos pensam, e é por isso que me sinto à vontade para falar de religião — não teve nada desse papo.

Escolhi algumas partes do vídeo para discutir aqui com vocês e ver se salvamos algumas almas do lado de cá.

O homem é omisso porque a mulher é forte demais
O primeiro assunto que elas tratam é o homem omisso. E uma das participantes faz rapidinho o desserviço de dizer que — frisando que não quer generalizar - quando um homem é omisso é porque a mulher é independente demais.

Então, além de você ter que passar a vida ao lado de um cara que não dá a mínima pra você, ainda é bom lidar com a culpa, afinal, é tudo culpa sua, mulher competente.

Vou contar um segredinho pra vocês: sabe por que o homem é omisso? Porque ELE é omisso. Você não tem nada com isso. É um problema dele, que só ele pode resolver. E meu conselho seria: deixe-o sozinho para pensar no assunto.

Mudança de papel
Aí vem o papo de que você pode, sim, ser forte na rua, no trabalho e na vida social, mas tudo deve mudar dentro de casa. Em casa você deve ser uma linda mulher do começo do século que espera seu marido de banho tomado, linda, de unhas feitas, depilada, com a casa limpa por você mesma e ainda com aroma de uma deliciosa torta de frango que você preparou.

O que? Você não consegue dar conta de tudo isso? É por isso que seu casamento vai mal...
Ops, piada, gente!

Você não é mãe do seu marido. Você não é paga para limpar a casa. E você não é modelo de biquíni para estar sempre linda, sensual e depiladíssima. Você é uma pessoa que tem muitas responsabilidades e não vive apenas para agradar seu homem. Certo?

É claro que, de vez em quando, você pode fazer uma surpresa. Um jantar, roupinha especial, lingerie nova, depilação incrível (ou não, se você preferir). Assim como ele também pode fazer essa mesma surpresa.

A beleza da vida é essa: ser surpreendido. Se o cara quer alguém que tenha um escalda pés pronto a cada vez que ele passa pela porta é melhor contratar uma governanta.

"Criando filhas não para serem esposas, para serem mães, mas para sua carreira profissional"
Essa aqui doeu no fundo da minha alma. Vocês sabiam que está errado passar em primeiro lugar numa grande universidade, meninas? Sabiam também que conquistar um bom emprego, um bom salário e comprar seu próprio carro e casa não é desejável? Sabe por que não?

Porque você não se empenha em casar. Aí vai acabar ficando com um cara interesseiro. E é claro que não é ele que está errado em ser interesseiro, você que está pedindo isso sendo tão competente, né? Pfffff.

Pior do que isso só se sobrar um cara divorciado. E sabe como é, esses caras que têm coragem de acabar com um casamento que não faz uma — ou ambas — parte feliz não prestam mesmo... (Até parece)

O que sinto é que essas mulheres simplesmente odeiam mulheres e não querem que ninguém seja feliz de verdade. Ou a interpretação de texto delas tá muito ruim. Ou elas seguem ordens bem claras dos homens que comandam certas religiões.

"É muito importante que as meninas aqui sonhem ser esposas"
E lá vamos nós para o papo de que toda mulher quer casar e ter filhos. Não, nem toda mulher quer casar e ter filhos. Algumas querem só casar. Outras querem só ter filhos. Outras querem ser freiras, viver reclusas, curtir a vida, fazer sexo sem compromisso pra sempre, amar alguém e morar em casas separadas...

Note outra coisa: a menina não precisa sonhar em casar, mas sim em ser esposa. A diferença não é banal. Se a menina sonha em casar, ela sonha com algo em que duas pessoas são importantes. Quando ela sonha ser esposa, ela sonhar em ser algo de alguém e topa, numa boa, se anular para fazer outra pessoa feliz.

"A espera pelo pai no final do dia é muito importante"
Esse momento chega a ser engraçado pra não dizer trágico. Elas acreditam que, assim que o homem cruza a porta de casa, a mulher e os filhos devem correr em sua direção e gritar "papai, papai". Sério mesmo?

A única explicação para uma cena dessa é filme demais na cabeça.

Honrar o marido
Não, você não honra seu marido sendo fiel, companheira e cúmplice. Você honra seu marido o esperando em casa na hora que ele chega e mudando o canal da TV pra que ele decida o que assistir. Faz sentido pra você?

E ele, precisa te honrar ou tudo bem ser daqueles que leva clientes da empresa em casas de prostituição porque faz parte do trabalho dele, por exemplo?

"Compreensão de quem é o homem no contexto da família"
O homem, no contexto familiar, é igual a mulher. Só que ele tem pênis. Essa deveria ser a explicação delas caso a intenção fosse uma família feliz.

Mas o que elas acreditam é que o homem é o Deus dentro da casa e que você, mulher, é só um teco da costela dele e deve ser lembrada disso por toda a eternidade. Alguém precisa explicar o Big Bang para essa gente...

O vídeo é esse aqui, caso você tenha paciência e estômago para assistir tanta besteira. Ah, depois dele, aproveite pra assistir o que fala sobre roupa e descubra que a anágua — sim, isso ainda existe — é um coringa no guarda-roupa.

Adendo
Ok, você quer ser submissa, acha que vai ser mais feliz assim e que é essa a melhor maneira de ter um relacionamento de sucesso? É um direito seu, claro.
Mas busque entender por que as mulheres eram submissas antigamente e por que tudo isso evoluiu para a sociedade que temos hoje.

Você pode ter tudo o que quiser: um casamento feliz, um trabalho interessante e bem remunerado, filhos e amigos. Tudo ao mesmo tempo. Não é sua obrigação cuidar de tudo e você pode, sim, pedir para que seu marido participe de todos os processos que envolvem a casa e a criação dos filhos. Isso se chama família.

O que o vídeo nos mostra é que o homem, mesmo não sendo presente e participativo, deve ser colocado pela mulher para os filhos como um herói. Mas uma hora os filhos crescem e passam a pensar sozinhos. Muito pior do que colocar seu marido para fazer o que deve ser feito é ver a ilusão dos seus filhos se desmoronando frente a realidade.

Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio)..

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos