Que tal ganhar uma grana para testar produtos eróticos?

Carol Patrocínio
Preliminares

Quantas mulheres não gostam tanto de sexo que acreditam que poderiam fazer isso 24 horas por dia? Muitos homens acreditam que esse é um número pequeno, mas não é! Mulheres gostam de sexo tanto quanto homens e têm várias fantasias parecidas.

Vaga publicada no jornal

Ser atriz/ator de filme pornô é um daqueles desejos que muita gente tem mas não assume. E na fantasia é um mundo encantado. Mas como será na vida real.

Leia também:
Falta de libido? Mude isso já!
Intimidade: o que é isso, afinal?
Beijo: ele não pode faltar no relacionamento

Ontem as redes sociais foram invadidas por um anúncio nada comum e que chamou atenção de muita gente:

Testadora de produtos eróticos
Procuramos mulheres para testarem produtos eróticos. A candidata receberá os produtos e os testará redigindo resenhas com sua opinião sobre a usabilidade e eficiência dos mesmos.
Salário: enviar pretensão salarial
Regime de contratação: CLT. Horário comercial.
Benefícios: Vale refeição + plano de saúde + plano odontológico

A primeira foto que vi comprovando a oferta de emprego foi essa aí de cima, tirada por um amigo que achou a ideia genial. E adivinha se a gente não foi atrás pra saber que trabalho mágico é esse?

Conversamos com Rodolfo Elsas, diretor comercial do Guia de Motéis e do Sexônico (um agregador de sex shops online), que contou pra gente todas as expectativas em relação a quem vai ocupar a vaga mais famosa dos últimos dias.

Uma das primeiras coisas que perguntei a ele foi se a equipe não tinha pensado em contratar uma atriz pornô ou uma prostituta e então ele me explicou que a intenção é que a opinião seja de uma mulher comum, que é bem resolvida, mas que não trabalha diretamente com sexo, afinal, a maior parte das consumidoras é assim.

O site deles já tem mais de mil lojas cadastradas e 200 mil produtos e foi aí que surgiu a necessidade de entender de verdade o negócio: "Precisamos conhecer os principais produtos a fundo para criarmos um selo para mostrar quais foram aprovados pelo Sexônico".

A pessoa escolhida para essa difícil — e prazerosa - tarefa vai precisar escrever uma média de quatro resenhas por semana falando sobre os produtos, vai poder trabalhar em casa e terá um horário flexível.

O salário? Rodolfo me contou que os currículos que recebeu pedem, em média, R$ 1.500 a R$ 2.000 e que não há como comparar com o mercado porque essa é uma vaga única. Além dessa grana há todos os benefícios que a gente contou ali em cima.

Sei muito bem que você ficou interessada e já é bom saber que a concorrência está acirrada. Em um dia apenas o site recebeu mais de 1.300 currículos e a maior parte deles é de universitárias interessadas em fazer um "bico".

Para se inscrever você precisa ser bem resolvida sexualmente, ter vontade de experimentar coisas diferentes e escrever bem é extremamente necessário, afinal, essa é a única coisa que todo mundo vai ver!

Rodolfo disse que eles pretendem esperar os currículos ainda uma ou duas semanas, então não há tempo a perder. Eu mesma estou aqui pensando em como ficaria minha agenda com mais essa tarefa...

Vai lá ver mais detalhes e, quem sabe, ser a dona do melhor emprego do mundo: Vaga para testadora de produtos eróticos

Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).