Por que a mulher negra é vista como objeto sexual?

Carol Patrocínio
Preliminares

Quando você pensa em uma mulher negra, qual é a imagem que surge na sua mente? Muitas pessoas responderiam que é a mulata do carnaval, com pernão, bundão, peitão e seminua. Outras pessoas diriam que são as empregadas domésticas das novelas. Pode até ter um grupo que contaria que consegue lembrar de mulheres lindas, modelos, atrizes ou anônimas, que têm um estilo e uma beleza única.

Infelizmente, o último grupo é o menor de todos. Nossa sociedade, por mais que finja que não, é racista e ainda encara negros como inferiores. E isso não acontece apenas com as piadinhas de que negro é ladrão, mas também com comentários que são falsos elogios. Por que o homem negro é visto como bem dotado, reprodutor? Porque parte da sociedade acredita que é apenas isso que ele sabe fazer.

E aí chegamos no assunto de hoje: por que a mulher negra é vista como objeto? Porque, culturalmente, a mulher negra era vista como serviçal e aquelas que se destacavam por sua beleza era abusadas sexualmente na era da escravidão — o que, muitas vezes, também era usado como artifício para sobreviver em meio a toda a violência da época.

“Mulheres negras não são carne”. Marcha das Vadias de São Paulo/2012. Foto de Isabela Casalotti.

Agora é o momento em que você diz que eu estou viajando e que isso não acontece mais, certo? Então olha só essa sugestão de pauta que eu recebi de uma amiga. Ela é negra, bonita, de classe média, que se relaciona com pessoas ditas esclarecidas, estudadas e que fazem parte daquele esteriótipo de gente sem preconceitos.

"Quero sugerir uma pauta sobre o estereótipo da mulher negra, dela ser sempre vista como menos atraente ou que serve somente para o sexo. Vivo em um mundo de brancos que nem olham pra mim. E eu acho que é mais comum mulheres brancas com negros, pois as mulheres são menos ligadas nessa questão de padrões de beleza, enxergam o homem como um conjunto; mas eu observo que homens brancos não acham as negras atraentes. Eu observo isso pelas conversas que escuto no trabalho, por exemplo"

E tudo isso realmente acontece! Já ouvi muitos homens dizerem (dizer) que não sentem tesão por mulheres negras e nunca consegui entender o real motivo disso, até que comecei aceitar o preconceito como principal causador de tudo isso.

Pode ser uma questão de modelos, do que a mídia impõe, mas mudar está na mão de cada pessoa e não é algo que vem apenas de estímulos externos. Ninguém é obrigado a achar a (uma) mulher negra linda, é claro, mas é sempre bom pensar de onde está vindo seus padrões de beleza e as coisas em que você acredita.

A mulher negra não é mais fogosa, não está sempre pronta para o sexo e não vive apenas para isso. A mulher negra é mulher — não deveria nem ser necessário especificar a cor da mulher de que estamos falando — e tem outros desejos, planos e anseios, como todas as pessoas.

Aceitar esse papel e esse preconceito faz de nós cumplices da discriminação e não ajuda em nada na transformação do mundo e das relações entre as pessoas.

E você, consegue ver beleza além daquela que alguém te disse que realmente existe?

Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).