Novidade: camisinha específica para sexo anal

Carol Patrocínio
Preliminares

Proteção é uma das coisas mais importantes a se pensar antes de fazer sexo. O uso da caminha não protege apenas de uma gravidez indesejada, mas também de doenças que não têm cura, como o HIV. Em qualquer tipo de sexo entre qualquer tipo de pessoa há risco, não importa como ele é feito ou se as pessoas são casadas há mil anos – nunca se tem certeza da saúde.

Depois de passar por um momento nada agradável - uma camisinha estourar e ele ser diagnosticado com HIV -, Danny Resnic resolveu transformar a experiência em inspiração e desenvolver uma camisinha especial para o sexo anal. Mais segura e que dá mais prazer, segundo ele.

Leia também:
Sexo seguro, sem camisinha, existe?
O que fazer se a camisinha estourar?
A camisinha não é culpada por sexo morno, diz pesquisa

O nome escolhido para o preservativo especial para sexo anal é Origami, porque ela não virá enrolada na embalagem, como as camisinhas que usamos hoje, mas sim dobrada, como um origami. Além disso, ela será feita em silicone.

A intenção é que o preservativo chegue ao mercado no próximo ano – por enquanto passa por testes clínicos para ser aprovadas por diversas instituições que garantem a efetividade dos produtos. Ter o foco em sexo anal não apenas é importante para casais gays que são adeptos a essa prática, mas também para os casais heterossexuais.

O número de pessoas interessadas por sexo anal só cresce e em alguns países da Europa as pessoas já falam sobre isso em problemas. Em uma busca rápida entre os e-mails de dúvida que recebo daqui da coluna, "anal" aparece em 467 e-mails. Se neste minúsculo recorte da sociedade o número é tão expressivo, imagina só se a gente conseguisse ter dados relevantes sobre a prática no Brasil?! Essa camisinha pode, realmente, revolucionar a experiência sexual.

Você tem alguma dúvida sobre sexo? Manda para mim no preliminarescomcarol@yahoo.com.br e siga-me no Twitter (@carolpatrocinio).