Obesa e fora dos padrões de Hollywood, atriz Gabourey Sidibe entra na lista das mais sexy

Gabourey Sidibe, 29 anos, acabou de entrar para a lista de mulheres mais sexy da revista americana "Esquire". A feliz escolha chamou a atenção porque a atriz não está dentro dos padrões de beleza convencial. Recentemente, ela se destacou no cinema e foi, inclusive, indicada ao Oscar - o maior prêmio cinematográfico dos Estados Unidos.

Leia também:
Gordinhas (super) bem resolvidas
Mulher perde 70kg para parecer Angelina Jolie

Gabourey ficou conhecida ao atuar no filme "Preciosa - Uma História de Esperança", em 2009. Ela interpretava uma garota que sofria bullying na escola, no bairro onde morava e até mesmo de sua família. A atuação lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz.

A apresentadora Oprah Winfrey indicou Gabourey à lista, que ainda tem Mila Kunis e Kristen Stewart, entre outras celebridades. O fato da atriz conviver numa boa com seu corpo e saber usar seu peso para dar visibilidade ao sofrimento de pessoas como ela lhe rendeu a indicação.

Mas nem todo mundo se encanta com Gabourey. "As pessoas me veem como alguém confiante, mas eu me estremeci muito, especialmente estando no mercado de Hollywood. Há algumas semanas, eu estava de férias e fui a um shopping. Foi quando vi uma foto minha na capa de uma revista que perguntava qual seria meu peso", confessou a atriz.

Em 2009, quando chegava perto do auge sua recente carreira, Gabourey ouviu da atriz veterana Joan Cusack que deveria desistir de seu sonho de ser atriz. O pessimismo de Joan só encorajou Sidibe, que logo em seguida conseguiu seu papel em "Preciosa".

Atualmente, ela está no elenco da série "The Big C", aclamada pelas atuações e enredos. Coleciona 17 prêmios da crítica especializada em cinema e televisão, se prepara para voltar às telonas e, ocasionalmente, faz ensaio para revistas de moda, como a "Elle"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos