Lea T é reconhecida oficialmente como mulher, diz jornal


Lea T, 31, é oficialmente mulher. A modelo transsexual brasileira pegou, na semana passada, seus documentos italianos com sexo feminino e o nome Leandra. As informações são da coluna de Mônica Bergamo, do jornal "Folha de S. Paulo" dessa terça-feira (18).

Leia também:
Lea T foi vítima de preconceito em aeroporto
Após cirurgia de Lea T, Toninho Cerezo diz: 'Agora veio mais uma mulher'

Amigos próximos da modelo afirmam que ela sofria com diversas situações embaraçosas, como ser revistada por policiais homens no aeroporto.

Na época, Lea contou como foi o caso. "Em uma viagem, ao desembarcar em um aeroporto, uma agente da polícia me parou para a revista. Quando ela se aproximou de mim, seu colega, que estava conferindo meu passaporte, gritou: 'Não ponha as mãos nisso! Não é uma mulher", disse.

A modelo é filha do ex-craque e atual técnico do Vitória, Toninho Cerezo. Segundo ele, o relacionamento entre os dois é livre de qualquer preconceito. "Ela é mulher. Não tem muito que falar não. Ela está bem. E se eu vir alguma pessoa com um quadro como esse, vou encarar com a maior sensibilidade e carinho", disse o pai da modelo.

Lea T já foi capa da revista "Elle" e modelo da marca "Givenchy".