Qualidade e não quantidade

Mãe de Salto Alto

Oi, amores!

Respondam rápido: vocês passam o tempo que gostariam com seus filhos? Tenho certeza que muitos responderam que não. Trabalham muito, passam horas no trânsito e, por tudo isso, sobram poucas horas para se dedicar aos pequenos. Mas aí eu pergunto: e como vocês aproveitam esse pouco tempo que têm com suas crianças? Tem qualidade essas poucas horas que vocês desfrutam juntos ou você fica com eles enquanto fala ao celular, responde seus emails e arruma o armário? Muita gente deve ter vestido a carapuça da segunda opção.

Se é o seu caso, não se sinta tão culpado/a. Muita gente não consegue dar conta de tudo que tem que fazer ao longo do dia e ainda brincar com os filhos quando chega em casa! E essa é a questão. Não é a quantidade de tempo que você fica com as crianças que é importante. Mas a qualidade.

Prá escapar da armadilha chamada “falta de tempo”, tenho me dedicado a pesquisas na internet que me dêem ideias que ajudem a aproveitar melhor as horas que passo com minhas pequenas. Numa dessas pesquisas encontrei o Tempojunto, um blog super legal feito por Patrícia Marinho, publicitária e mãe de duas meninas. Na página ela explica que um dia resolveu parar de reclamar de agenda lotada e fazer do tempo que tem com as meninas o melhor possível. Nasceu um projeto muito bacana que eu recomendo a todas as mamães que conheço!

No blog ela dá dicas de brincadeiras legais que qualquer um pode fazer com crianças em casa ou durante um passeio/viagem. E o mais legal, ela é “gente como a gente”, ou seja, nada sai muito perfeito, mas é feito com tanto carinho que a gente nem repara.
Vou reproduzir muitas das ideias na minha casa e depois conto aqui pra vocês o resultado!

Beijos
Pati