A vez das cobras!

Cabide Fashion

Nas temporadas passadas vimos uma invasão dos bichos nos acessórios, nas roupas e na decoração. Foi-se o estigma de perua, cafona, e criou-se lindos visuais.

No inverno quem reinou foi a onça, num excesso que veio por meio inclusive de belas misturinhas com outras estampas. E para esse verão, o que vai ser? A estampa de cobra vem de vez, em visuais incríveis e bem básicos. E continua até mesmo no inverno do ano que vem, segundo dizem as tendências.

Como investir no verão e não enjoar para as próximas temporadas?

Aposte na estampa de cobra em cores mais coloridas, com mais astral, ou, se preferir os tons mais neutros, combine com peças coloridas. Tudo com muito cuidado, pois apesar da estampa de píton ser mais discreta que a de onça, ainda assim é uma estampa forte, então o bacana é realçar a beleza dela.

Já no inverno adote os tons mais neutros e fechados da estampa de cobra, ou em sua versão original! Combinado a isso, os tons fechados vêm com tudo!

O bacana é que as marcas cada vez mais estão se conscientizando, e investindo mais nos couros sintéticos, para qualquer um que quiser investir nas cobras!

Versões da estampas nas calças, tanto combinadas a cores mais neutras, quanto  a coloridas. Reparem que mesmo se misturássemos a calça verde com a camisa laranja ia formar um visual bacana, sem ser poluído.

Para o verão, nada melhor do que uma saia ou um shorts, não é? O bacana é que a estampa de cobra pode ter vários visuais e cores diferentes, resultando em produções bem diferenciadas, saindo da mesmice. Na era das saias longas, olha que visuais incríveis!

Para ver mais fotos do look com saia longa com estampa de cobra, clique aqui.

Nos vestidos também a estampa vem em vários formatos, cores e desenhos. Sem "contra-indicação", ela vai bem para todos os físicos e tipos de pele, é só achar o modelo ideal para você.

Em blusas, camisas e blazers ela pode deixar tanto a produção mais divertida, quanto mais elegante. E cores, muitas cores nesse verão.

E vocês, gostam da estampa?

Fotos: Reprodução