Bloco da Anitta no Rio de Janeiro tem furtos e cantora pede expulsão de ladrão

CRIS VERONEZ
***FOTO DE ARQUIVO*** SÃO PAULO, SP, 24.08.2019 - Show da cantora Anitta. (Foto: Marlene Bergamo/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Assim como no ano passado, houve um caso de polícia no bloco de Anitta que acontece neste sábado (29) no Rio de Janeiro.

O público sinalizou para a cantora que alguém tinha sido vítima de furto ou roubo de um celular e a cantora parou o show até o suposto ladrão ser retirado da multidão pela polícia.

"Pega esse rapaz e tira ele do bloco, por favor. Leva ele para a delegacia, para onde tiver que levar. Já avisei que aqui não tem essa", pediu Anitta às autoridades policiais presentes. O episódio foi resolvido em menos de dois minutos.

Cerca de dez minutos depois, ocorreu um novo episódio de roubo ou furto de celular, que foi resolvido em segundos após Anitta parar a música mais uma vez. Depois, em um terceiro caso, Anitta já sem paciência disse: "Eu hein gente, vai se matar pra lá que tem espaço".

A cantora já havia advertido a todos antes do show que cuidaria o máximo possível do público: "Olho tudo o que está acontecendo. Se teve briga, se alguém foi roubado, para chamar a atenção. Porque eu sou assim né. Fico controlando."

Fantasiada de Arara Azul, Anitta está animada com seu 12° show de Carnaval e não se preocupa com uma possível desanimação do público para sair às ruas por conta da previsão de chuva na capital fluminense.

"Fiz até um cabelo especial para aguentar a chuva, se for o caso", disse ela em coletiva à imprensa neste sábado (29), usando fios trançados e um chapéu estilo cowboy. David Brazil, Giovanna Lancellotti e as cantoras Jojo Todynho e Luísa Sonza, entre outros famosos, a acompanham no bloco.

A cantora afirma estar cada dia mais satisfeita com o Bloco da Anitta, que até o ano passado tinha o nome de Bloco das Poderosas. Neste domingo (30), ela levará o bloco para São Paulo, entre 9h e 14h, na Vila Mariana.

"Gosto muito desse dia. Não trocaria por nada. É um dia perfeito. Dormi duas horinhas só, de ontem para hoje. Dormi igual panqueca, rolando na cama o tempo inteiro. Mas foi tudo maravilhoso, trabalhei muito. Aliás, esse ano só trabalhei, por isso já marquei uma festa para amanhã [risos]. Preciso, né."