Bloco após bloco, Legoland de Nova York prepara abertura

·1 minuto de leitura
Legoland de Nova York

(Reuters) - Após um longo tempo dentro de casa por conta de mais de um ano de pandemia do coronavírus, famílias na região de Nova York em breve terão um novo parque temático para visitar assim que as restrições forem suspensas, o Legoland.

Localizada em Goshen, a aproximadamente 95 quilômetros ao norte da cidade de Nova York, a atração está no estágio final de construção, e planeja uma abertura em fases no próximo verão do hemisfério norte, para assim cumprir com as orientações de distanciamento social.

"Somos o primeiro parque temático a ser construído na região Nordeste em décadas e realmente acredito que com os desafios do ano passado, as pessoas estão querendo sair", disse Matt Besterman, gerente de relações públicas para o Legoland de Nova York. "Estão querendo um lugar seguro e divertido para brincar."

Besterman disse que a companhia espera tornar o parque sem o uso de dinheiro e sem contato físico para que todos se sintam seguros.

Com a queda no número de casos enquanto avança o programa de vacinação, as restrições estão sendo suspensas, e a cidade de Nova York deve estar "totalmente de volta" no dia primeiro de julho, segundo disse o prefeito na quinta-feira.

Entre as atrações do novo parque temático estão uma tour de aventura pela fábrica do Lego, algo inédito em parques da marca, e que transporta os visitantes em um brinquedo que simula uma fábrica na qual os blocos possuem o tamanho de pessoas.

O primeiro Legoland foi aberto na Dinamarca nos anos 1960 para apresentar modelos da empresa. Os parques então se expandindo para partes da Europa e da Ásia, e há atualmente dois parques nos EUA, na Califórnia e na Flórida.

(Reportagem de Dan Fastenberg e Andrew Hofstetter)