Black Friday: quanto os influenciadores e famosos lucram com a data no Brasil?

·3 minuto de leitura
Andressa Suita, Mirella e Virginia Fonseca lucram com publicidade para Black Friday (Foto: Reprodução/Instagram)
Andressa Suita, Mirella e Virginia Fonseca lucram com publicidade para Black Friday (Foto: Reprodução/Instagram)

Quem pensa que só lojas e marcas lucram com a tradicional Black Friday, que acontece amanhã, sexta-feira (27), está bem enganado. Com o uso das redes sociais cada vez mais voltado para publicidade, quem dita o que será vendido são os ‘influenciadores’ e ‘famosos’, que estão com a agenda cheia para toda a semana.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Andressa Suita, por exemplo, após separar de Gusttavo Lima e estar com todos os holofotes em cima dela, não tem mais agenda de ‘publis’ para esse ano. Mirella, nome forte de 'A Fazenda', já deixou o reality da Record com campanhas fechadas para a data. Ela, inclusive, aproveitou o apelido 'MC 18%', que ganhou por conta da porcentagem de votos em uma 'roça', para lançar campanhas que prometem 18% de desconto. Esperta, né? O Yahoo! foi atrás para descobrir quanto os famosos ganham com a data.

Leia também:

Para os agentes de celebridades, a conta da Black Friday é simples: os famosos dobram de preço. Se uma celebridade cobra R$ 10 mil pela postagem, passa a cobrar R$ 20 mil. E esse valor é dobrado durante toda a semana. Já na sexta-feira, o ‘grande dia’, o preço da publicidade de um influenciador pode até triplicar.

Priscila Jaffé, empresária que cuida de influenciadores como Marina Ferrari e Carla Prata, explica o ‘fenômeno’ dos publis para os famosos: “É uma data muito concorrida e preparada ao longo do ano, igual campanha de Natal. Como os influenciadores não fazem muitas publicidades por dia, eles disponibilizam ‘vagas’ em suas redes sociais para esse tipo de negócio e elas são limitadas, logo os preços sobem. Toda boa campanha vende ainda mais quando impulsionada por um influenciador.”

Quem está em alta na mídia lucra mais? A empresária responde: “Não necessariamente. Mirella, por exemplo, como estava em ‘A Fazenda’ e não sabia quando deixaria o programa, pode não ter conseguido fechar muitas publicidades a tempo. É preciso ter tempo para fechar campanhas para a Black Friday.”

Virgínia Fonseca deve lucrar alto

Em alta na mídia, Virgínia Fonseca virou alvo de interesse de marcas para publicidade nas redes sociais e pode lucrar alto com essa Black Friday. Além de ter 13 milhões de seguidores no Instagram, a noiva de Zé Felipe, que está grávida, também é uma potência no Youtube.

A influenciadora também em alta por conta de seu ‘Chá Revelação’, que acontecerá no próximo sábado (28), um dia após a ‘sexta de promoções’. Virginia separou publicidade por espaços para esse evento.

A noiva de Zé Felipe tem tabela de valores só para a live do Chá Revelação, preço para Stories dela se arrumando e preço para falar de Black Friday. Além disso, Virginia não faz mais de duas publicidades por dia em suas redes, isso cria uma certa concorrência e os preços sobem.

Além dos famosos, páginas conhecidas de memes e notícias de celebridades também lucram com a data desde o início do mês. A liberdade para essas páginas é que podem falar de qualquer produto, não necessariamente apenas de ‘produtos que acreditam’, já que não é um rosto que está ali vendendo algo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos