Bitcoin: investidor que previu crise de 2008 alerta para bolha e ‘crash’

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O investidor Michael Burry. (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images)
O investidor Michael Burry. (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Michael Burry, o investidor famoso por ter previsto – e lucrado com – a crise dos subprimes em 2008, voltou a usar o seu Twitter para divulgar análises sobre o atual momento do mercado financeiro global. Desta vez, ele colocou na mira as criptomoedas, especialmente o bitcoin.

Leia também:

Na visão de Burry, o bitcoin é uma “bolha especulativa” que oferece mais riscos do que oportunidades, apesar de ter destacado que seus defensores estão corretos em relação à relevância da cripto nesse ponto da história. “Se você não sabe a quantidade de alavancagem envolvida, você pode não saber o suficiente para tê-lo”, disse Burry.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Ele ainda afirmou que o bitcoin, a essa altura, pode ser comparável ao mercado imobiliário em 2008, e às empresas pontocom no final dos anos 1990 – exemplos de ativos “inflados” que estouraram, gerando enormes perdas.

Na semana passada, Burry já tinha soado o alarme. Ele disse que o mercado está “dançando sobre a lâmina de uma faca”, em uma série de publicações no Twitter.

Entre os fatores que ele vê como sinais de um novo crash está o aumento da dívida de investidores para alavancar suas posições, e uma “especulação fora de controle”.

O fenômeno do impulsionamento de ações vistas como subvalorizadas, como da cadeia de lojas de games GameStop, aumentam ainda mais o risco, segundo Burry.

Ele sugeriu aos investidores cautela nesse momento, em que as ações estão em níveis “extremos”.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube