Como assim? Marca cria biquíni que não pode ser usado na água

Biquíni polêmico da marca Pretty Little Thing (Foto: Reprodução)

Um biquíni virou piada na internet após uma consumidora compartilhar sua experiência desastrosa com a peça no Twitter. Ela mostrou o que acontece com um modelo azul da marca Pretty Little Thing que custa 60 libras (que corresponde a bagatela de 315 reais!) quando entra em contato com a água e o resultado é chocante.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A usuária Alissa colocou a calcinha do biquíni em uma pia cheia de água e provou em fotos o que acontece quando a peça fica submersa por um tempo. “Eu amei o biquíni, mas não sei o que fazer para a tinta parar de sair quando está na água. Isso não parece normal para mim", escreveu ela em mensagem para a marca no Facebook.

Quem concorda com a consumidora? Mas a história em torno do biquíni não para por aí... A Pretty Little Thing respondeu a reclamação de Alissa, mas a declaração da marca é mais inusitada ainda. “Adoramos saber que você amou o biquíni, mas no site diz que ele não deve ser usado na água e que a tinta pode transferir", rebateu um representante. Eita!

A peça que Alissa comprou não está mais à venda online, mas ela fez questão de registrar a recomendação da marca sobre o uso do biquíni. Na descrição do item, a PLT diz que trata-se de um modelo para ser usado “apenas para fotos à beira da piscina” e que a tinta pode sair devido aos processos de fabricação. Oi?

Biquíni polêmico da marca Pretty Little Thing (Foto: Reprodução)

Leia mais: Jennifer Lopez usa calça legging feita de plástico reciclado

Ela não engoliu a resposta, é claro. “Onde diz que não pode ser usado na água?", perguntou Alissa novamente. Ela não compartilhou este posicionamento da marca, mas nós conferimos e as descrições de modelos similares também não contam com esta informação.

A publicação repercutiu muito nas redes sociais: o tweet já tem mais de 79 mil curtidas e 26 mil comentários. Uau! A galera, é claro, não perdeu a chance de mostrar suas opiniões e fazer zoeira.

“Como você deveria lavá-lo? Esse biquíni deve ser lavado mesmo que seja só para fotos", comentou uma usuária.

Esse gif representa muito bem a situação tragicômica!

“Rindo demais! Agora estão fazendo biquínis apenas para modelos de Instagram?", disse outra mulher.

Após a situação ter viralizado, a marca voltou atrás e decidiu compensar a consumidora que foi lesada. “Sentimos muito que a peça chegou com defeito. Como não é sua culpa, nós vamos te ressarcir", disse a Pretty Litte Thing. Eles ainda ofereceram um cupom de 40% de desconto para Alissa.