Bill Withers, ícone do blues e do soul americano, morre aos 81 anos

FILE - In this Wednesday, June 21, 2006, file photo, Bill Withers poses in his office in Beverly Hills, Calif. The punk trio Green Day, poet of the New York underground Lou Reed and Withers will lead a new class of inductees into the Rock and Roll Hall of Fame in 2015. (AP Photo/Reed Saxon, File)

O músico Bill Withers morreu, aos 81 anos, nesta segunda-feira (30), devido a complicações cardíacas, a informação foi anunciada por sua família, em um comunicado enviado à Associated Press.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Withers, que é conhecido como um dos maiores nomes do soul e blues dos Estados Unidos, é o compositor de grandes sucessos mundiais, como "Lovely Day", "Ain't No Sunshine" e "Grandma's Hands".

Leia também

"Estamos arrasados com a perda de nosso amado e dedicado marido e pai. Um homem solitário com um coração motivado a se conectar ao mundo, com sua poesia e música, falou honestamente com as pessoas e as conectou umas às outras", diz o comunicado.

"Como uma vida privada, como ele viveu perto de familiares e amigos íntimos, sua música sempre pertencerá ao mundo. Neste momento difícil, rezamos para que sua música ofereça conforto e entretenimento enquanto os fãs se apegam aos entes queridos."

Withers venceu o Grammy três vezes, nos anos de 1972, 1982 e 1988.

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.