“A Fazenda 13”: “Gente bonita também sofre. Sofri para...”, reflete Bil Araújo

·1 minuto de leitura
Bil Araújo está em 'A Fazenda 13
Bil Araújo está em 'A Fazenda 13" (Foto: Reprodução / instagram @bilaraujjo)

Sabemos que as mazelas sociais estão cada dia mais evidentes e temos colocado em voga o racismo, o feminismo, a gordofobia, a homofobia... Mas Acrebiano, ou Bil Araújo, levantou mais uma bola durante um papo em “A Fazenda 13”, a preconceito contra pessoas bonitas.

Professor de crossfit, modelo e participante profissional de reality show, o capixaba radicado em Goiás relatou ara Tati Quebra Barraco e Mileidi Mihaile que sofreu muito preconceito por se considerar, e ser considerado, uma pessoa bonita.

Leia também:

“As pessoas julgam de uma forma totalmente diferente. Falar uma coisa para vocês: gente bonita também sofre. Gente bonita também tem história. É foda. Eu já sofri pra caralho. Se eu contar a minha história, foda”, refletiu sobre suas mazelas.

É importante ressaltar que todas as dores são únicas e pessoais, então só quem as viveu tem propriedade para lamentá-las. Mas também precisamos lembrar que em uma sociedade tão diversa como a brasileira, algumas pessoas têm mais privilégios e oportunidades que outras.

O peão também comentou a entrada no terceiro reality show no mesmo ano. “A galera fala: ‘Aí, o Bil em mais um reality ocupando o lugar de outras pessoas’. Gente, eu não cheguei e bati na porta de ninguém, não. Eles me convidaram, eu não tenho culpa, me convidaram e eu aceitei”, conclui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos