Boca Rosa inaugura escritório de R$ 2 milhões e lembra: "Cresci na favela, não tinha nada"

Influenciadora falou sobre ser empresária (Foto: Eduardo Martins/AgNews)
Influenciadora falou sobre ser empresária (Foto: Eduardo Martins/AgNews)

Bianca Andrade, 27, realizou um objetivo na tarde desta sexta-feira (3). A influenciadora inaugurou o escritório Boca Rosa Company, com 10 cômodos instagramáveis, no bairro Jardim Paulista, em São Paulo. O imóvel (que está puro luxo!) teve o investimento de R$ 2 milhões e estava nos planos da empreendedora há mais de um ano.

O espaço abrigará parte da equipe de Bianca e será o local onde seus novos projetos nascerão. Quer um spoiler? Em breve, maquiagem e cabelo não serão suas únicas áreas de atuação. "Quero lançar novas linhas. Quero que a Boca Rosa seja realmente um império: sapato, esmalte, tudo da Boca Rosa. Também quero abrir vagas de emprego. A gente sabe a situação do Brasil. Quero que a Boca Rosa tenha mais de 300 funcionários", diz ela.

O primeiro tour pelo escritório ocorreu com a presença da imprensa. Bianca estava emocionada com a conquista e explicava sobre cada cômodo com muito envolvimento. Em entrevista, ela lembrou de tudo que passou para se tornar uma empresária renomada.

"Eu vim de uma favela, não tinha dinheiro, contato com ninguém, não sabia nada, apanhei muito da vida, tomei decisões erradas. Mesmo assim, falava que não ia desistir", afirma. "Quem me acompanha e tem a mesma origem que eu, tem que pensar que não existe 'não ter espaço para a gente'. A gente não pode aceitar isso. Não é fácil, existe muita pressão na nossa cabeça, tem dia que não estou sonhadora, estou prática. Mas a gente precisa acreditar nos nossos sonhos", completa.

Bianca mostrou cada cômodo do escritório (Foto: Gabriel Bertoncel)
Bianca mostrou cada cômodo do escritório (Foto: Gabriel Bertoncel)

Deixar o ambiente de trabalho com a cara da internet, além de ser inovador, é uma forma de Bianca Andrade misturar seus "dois mundos" e aparecer cada vez mais para o público como empresária. Apesar de repetir centenas de vezes que está vivendo um sonho, ela não nega que sua rotina passa por altos e baixos.

"Minha vida é isso aqui. Amo liderar, ser CEO, planejar, fazer acontecer. Mas tem dia que estou bem estressada e fico quietinha. Acho que o líder é um exemplo, não gosto de perder meu limite. Fico quieta, respiro, choro. Não tem para onde fugir", confessa.

Mãe e empreendedora

Embora seja muito focada no trabalho, Bianca não estará todos os dias no escritório. A chegada do filho, Cris, de apenas quatro meses, fez com que a influenciadora repensasse o cronograma. "Com minha rotina de mãe, não quero vir todos os dias. Ainda não estabeleci, mas acho que estarei aqui pelo menos duas vezes por semana. Claro que em semanas excepcionais tudo mudará", explica.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Uma sala para o filho, inclusive, já está nos planos da "chefona". "Trouxe o Cris esses dias porque o pai ia vir buscar, mas não dá para ele vir sempre, ninguém consegue trabalhar. O garoto ri para todo mundo", entrega Bianca, que já pensa na solução: "Lembro que assisti o tour (pelo escritório) da Kylie (Jenner) e vi que ela fez uma salinha para a filha dela brincar. Vou querer fazer uma para o Cris".

Influenciadora e chefe

Bianca nasceu na internet há 10 anos, virou empreendedora e ainda entrou no "BBB". A exposição não foi pouca. Todo mundo sabe com quem ela já namorou, o que gosta de comer, como se comporta, quais são seus amigos e as festas que frequenta. Enquanto alguns "escondem" a vida pessoal dos colegas de trabalho, a influenciadora não tem escolha, mas diz lidar bem isso.

"Quando virei empreendedora não tinha mais como querer que as pessoas não soubessem nada da minha vida. O que comecei a fazer foi dosar. Empreendendo ou não, a exposição traz algumas dores, então aprendi a equilibrar. Hoje mostro o que quero e falo sobre isso. Tiro fim de semana off, sumo, não pego o celular. Sou esses dois universos", afirma.

Segundo Bianca, a brincadeira do "lado rosa e azul", estratégia de marketing utilizada por sua equipe durante o "BBB", foi uma forma de fazer as pessoas entenderem que ela tem duas versões e não quer ser colocada em um pedestal.

Bianca mostrou como será a loja física (Foto: Eduardo Martins/AgNews)
Bianca mostrou como será a loja física (Foto: Eduardo Martins/AgNews)

"Não é por ser CEO que não posso errar. Jogo a real. Quero quebrar esse tabu. O que a Bianca faz na vida dela pessoal não anula a Bianca boss, que toca um negócio com centenas de pessoas. A gente quer ser livre, ser sensual. O trabalho, muitas vezes, nos coloca em uma caixinha", desabafa.

Internamente, Bianca tenta levar a mesma leveza e sinceridade para sua equipe. Ela diz que não deixa de postar nada por medo de julgamentos dos funcionários.

"Eles não me inibem. Sou bem sincera, falo quando não quero papo. O time me abraça, me vê trabalhando muito e acho que não me julga. Quando as coisas estão ruins, fico na minha. Respeito todos eles e eles também me respeitam. A gente tem uma relação muito saudável. Quero mostrar que existe a possibilidade de trabalhar com pessoas que você tem carinho, com família, com amigos e, ainda assim, fazer um trabalho brilhante", defende.