BFF Girls foca em músicas inéditas e empoderamento em nova formação

JOÃO VICTOR MARQUES
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 11.08.2019: Grupo Bff Gilrls durante a segunda edição do Festival Teen show BFF Girls, na Audio Club, em São Paulo. (Foto: Agatha Gameiro/FramePhoto/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cenário da música pop nacional tem se mostrado cada vez mais forte e com novos nomes. Além de cantoras como Luísa Sonza, 21, Pabllo Vittar, 24, e Lexa, 24, o público adolescente também tem vozes mais jovens, como o grupo feminino BFF Girls.

A girlband brasileira é composta pela goiana Bia Torres, 14, pela paulista Giulia Nassa, 16, têm menos mais de dois anos de existência e já está em sua segunda formação. No começo de 2019, a americana Laura Castro, 16, se juntou às meninas. 

Antes de integrarem juntas o grupo, o que unia as três meninas era a coragem de cantar em rede nacional. Todas as integrantes, inclusive Laura Schadeck, que preferiu seguir carreira solo, participaram de alguma edição da edição mirim do The Voice Brasil. Mas isso é página virada. 

As 'melhores amigas' tem dois grandes focos no atual momento da breve carreira. Depois de estrearem com o EP "Nossa Vibe" composto por três músicas inéditas, a ideia é lançar um videoclipe para cada faixa no segundo semestre, a partir de julho. 

"Agora no segundo semestre, vamos lançar os clipes das músicas do nosso EP. Acabamos de lançar o de "Flashback". Além disso, estamos preparando muito mais covers, músicas novas e até um filme", contou Bia Torres à Folha, durante evento de lançamento do Festival Teen, que aconteceu em São Paulo no dia 10 de agosto.

As mensagens das novas canções são múltiplas. Todo o trabalho delas fala sobre amizade, romance, reconquistas do "crush" que conheceu naquela festa com as amigas, mas a mensagem principal que elas buscam levar para suas fãs, principalmente, é de empoderamento feminino.

Laura Castro, a integrante mais recente do grupo, pensa que tudo que elas transmitem à seus fãs chegam mais forte justamente por elas serem jovens e saberem o que dizer. "A gente sabe exatamente o que falar, sabe exatamente o espelho que a gente queria ter, que a gente queria ver, a gente tenta passar isso", disse a cantora.

As três meninas dizem que entendem o papel delas atualmente como cantoras e como influenciadoras digitais. Tudo o que fazem e falam impacta em muitas pessoas, segundo elas mesmas. "É muito da gente estar lá e cumprir nosso papel porque é uma responsabilidade muito grande como cantora e influenciadora e fazemos porque a gente quer, porque é nosso chamado", completa Laura.

Além das rádios, o grupo BFF Girls deve dar as caras nas telonas dos cinemas no início do próximo semestre. "O Melhor Verão das Nossas Vidas" começou a ser gravado em julho deste ano e trás as três meninas como protagonistas de um filme adolescente que elas serão elas mesmas.

O enredo central contará a história de três amigas do colégio que tem uma banda e se inscreverem para participar de um festival musical no litoral da cidade. Entretanto, as notas delas não são das melhores e elas precisarão da ajuda de amigos e amigas para se livrar dessa.

Além de Bia e as Lauras, o longa terá no elenco nomes como Mauricio Meirelles, o humorista Carioca, Bela Fernandes e João Quirino.