Beyoncé irá substituir termo ofensivo em faixa do "Renaissance" após crítica; entenda

Beyoncé na capa de
Beyoncé na capa de "Renaissance". Foto: Divulgação

Resumo da notícia:

  • Beyoncé está sendo criticada por um termo específico em uma faixa do "Renaissance"

  • Cantora usou a expressão "spaz" em "Heated", uma ofensa capacitista no Reino Unido

  • Representante de Drake, co-autor da letra, afirmou que irão substituir a palavra

Em meio à aclamação do público e da imprensa, o novo álbum de Beyoncé virou alvo de crítica por um termo específico na faixa "Heated", co-escrita com Drake. Em artigo publicado no The Guardian, a escritora australiana Hannah Diviney questionou o uso do termo "spaz", que significa "perder a cabeça" entre os norte-americanos, na música de "Renaissance", lançado na última sexta-feira (29).

Em entrevista ao Insider, um representante do rapper que compôs a letra confirmou que a letra será alterada. "A palavra, não usada intencionalmente de forma prejudicial, será substituída", afirmou no comunicado.

Na linguagem do Reino Unido, a expressão é interpretada como uma ofensa capacitista ao ser direcionada à pessoas com paralisia cerebral.

O apontamento sobre a canção de Beyoncé veio pouco tempo após Diviney criticar o uso da mesma palavra em "Grrrls", nova música de Lizzo, e motivar a alteração da letra e um pedido de desculpas da artista. “Achei que havíamos mudado a indústria da música e iniciado uma conversa global sobre por que a linguagem capacitista – intencional ou não – não tem lugar na música”, escreveu Diviney no artigo sobre a faixa de "Renaissance".

No texto, a ativista reforça que o uso da palavra em uma música de alcance mundial pode ajudar a popularizar uma ofensa gravíssima entre os britânicos.

“O compromisso de Beyoncé em contar histórias musicalmente e visualmente é incomparável, assim como seu poder de fazer o mundo prestar atenção às narrativas, lutas e experiências vividas matizadas de ser uma mulher negra – um mundo que só posso entender como um aliado e não desejo ofuscar. Mas isso não justifica seu uso de linguagem capacitista – linguagem que é usada e ignorada com muita frequência”, publicou.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos