Beyoncé desponta como favorita ao Grammy de 2023 com nove indicações

Beyoncé disputa nove categorias na próxima edição dos Prêmios Grammy, seguida por Kendrick Lamar com oito, e Adele e Brandi Carlile com sete, anunciou a Academia de Gravação nesta terça-feira (15).

Isso abre caminho para um novo confronto na gala de fevereiro entre Beyoncé e Adele, depois que a artista americana perdeu para a britânica nas principais categorias em 2017.

O reconhecimento de Beyoncé por seu álbum "Renaissance" também levou a superestrela a empatar com seu marido, Jay-Z, na lista de artistas mais indicados da história do Grammy, com 88 cada.

O cantor de reggaeton porto-riquenho Bad Bunny competirá em duas categorias, incluindo a cobiçada Álbum do Ano com seu hit "Un verano sin ti".

Nas categorias latinas, também se destaca a estrela do gênero Daddy Yankee, com seu disco de despedida "Legendaddy", além dos cantores Maluma, Fonseca e Jorge Drexler.

A brasileira Anitta, que conquistou o mundo com o hit "Envolver", foi indicada ao prêmio de Artista Revelação, concorrendo com o mexicano-americano Omar Apollo e a banda alemã Maneskin, vencedora do Eurovision.

A espanhola Rosalía recebeu duas indicações, uma delas por seu revolucionário vídeo gravado para o TikTok como parte de seu hit "Motomami".

A 65ª edição do Grammy Awards será no dia 5 de fevereiro na Arena Crypto.com, em Los Angeles, e promete ser uma das galas mais espetaculares da Academia de Gravação.

A lenda do R&B Mary J. Blige competirá em seis categorias com "Good Morning Gorgeous".

O rapper Future e o DJ Khaled também receberam seis indicações, assim como o astro pop Harry Styles, que também concorre ao prêmio de Álbum do Ano.

A Academia, composta por artistas, compositores e engenheiros, também homenageou estrelas da cena musical como Bonnie Raitt, Willie Nelson e ABBA com várias indicações.

Habituais do Grammy em categorias globais como Angelique Kidjo e Burna Boy também foram indicados, enquanto a boy band sul-coreana BTS - que no início deste ano declarou que estava dando um tempo - competirá mais uma vez por seu primeiro gramofone.

E não seria o Grammy sem algumas surpresas: a lenda Neil Young vai competir com estrelas como Adele, Billie Eilish e Justin Bieber pelo melhor filme musical.

mdo-pr/ad/jc