Bela Gil manda recado para Paulo Guedes: “A solução está na mudança desse sistema”

·1 minuto de leitura

Defensora da alimentação natural, a chef de cozinha Bela Gil, se indignou contra uma opinião um tanto polêmica, do ministro da economia, Paulo Guedes. A filha de Gilberto Gil usou as redes sociais para criticar a fala de Guedes, que propõe que sobras de restaurantes sejam destinadas a mendigos e pessoas fragilizadas.

“Paulo Guedes solta mais um absurdo do tamanho do seu egocentrismo. Falar que brasileiro coloca muita comida no prato e que poderíamos alimentar os pobres com essas sobras é a mesma coisa que achar que vamos salvar o mundo economizando água no banho ou fechando a torneira enquanto escovamos os dentes. Precisamos de ações no âmbito individual e coletivo, mas principalmente PÚBLICO!!! 72% de toda água potável do Brasil é usada para o agro, por exemplo”, disse revoltada.

Leia também:

“Só de soja e milho, em 2020 perderam-se 2,9 milhões de toneladas da produção nacional. O setor do agronegócio está entre os principais causadores de desperdício de alimentos em todas as suas etapas: da colheita, passando pelo processamento, transporte, chegando no mercado e depois no consumo doméstico - cuja perda anual é de 60 kg por pessoa”, contou.

“A solução está na mudança desse sistema! Ao invés de jogar a responsabilidade somente no indivíduo, porque não promove o PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar) e o PAA (Programa de Aquisição de Alimentos). A fome e a insegurança alimentar só se agravam com a pandemia da Covid-19, mas resolver esta situação não é um desejo político. O Governo Bolsonaro já passou do prazo de validade”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos