Beijo gay e aborto: Globo quebra tabus em programação matinal

Gil do Vigor e Cássia Kis trouxeram temas polêmicos (Foto: Reprodução/Globo)
Gil do Vigor e Cássia Kis trouxeram temas polêmicos (Foto: Reprodução/Globo)

A programação da Globo na manhã desta quinta-feira (12) veio com tudo para chocar a família tradicional brasileira. Logo cedo, no "Mais Você", Gil do Vigor deu um beijão em seu pretendente Raimundo. Logo depois, no "Encontro", Cássia Kis surpreendeu Fátima Bernardes ao falar sobre sua experiência com abortos.

Em uma sociedade patriarcal, machista e conservadora, os temas polêmicos ainda chocam ao serem abordados. Tratar esses dois assuntos em rede nacional, antes do meio-dia, não deixa de ser um avanço. A programação, é claro, não passou batido.

Mesmo fazendo um discurso anti-aborto durante a entrevista, Cássia Kis chocou ao falar sobre a experiência durante o "Encontro". Quando admitiu que abortou intencionalmente em 1985, a plateia pareceu chocada. Fátima Bernardes também pareceu ter sido pega de surpresa. Ela visivelmente não esperava o assunto naquele momento.

No "Mais Você", Ana Maria Braga estava preparada e sabia que mostrar Gil do Vigor procurando um namorado em seu programa renderia críticas. Emocionada, a apresentadora se antecipou e falou sobre a abordagem no fim do quadro desta quinta-feira (12).

"Acredito que toda forma de amor vale a pena. Bom saber que fomos citados como um matinal tradicional que mostrou um homossexual buscando um parceiro em um quadro de namoro, quebrando um paradigma na TV brasileira. Isso foi apenas mais um programa entre os 5561 programas que estamos completando hoje. Muitos erros, muitos acertos, mas tenham certeza que existe uma equipe inteira com uma dedicação exclusiva, envolvida", justificou Ana Maria Braga, feliz com o projeto que levou ao ar.

No Twitter, internautas comentaram sobre as pautas da manhã da Globo. Muitos celebraram a quebra de tabus, mas lamentaram o desenrolar do discurso de Cássia Kis no "Encontro". "Sempre bom ver que avançamos em algumas áreas, mas é deprimente ver que a misoginia segue tendo voz na TV aberta", disparou uma seguidora.

 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos