Beijo e chiliques: como foi o primeiro fim de semana do Rock in Rio 2019

Bon Jovi dá o que falar em suas vindas ao Brasil (Foto por: MAURO PIMENTEL/AFP/Getty Images)

Rock in Rio 2019 começou na última sexta-feira 27 de setembro e já teve um pouco de tudo e, seu primeiro fim de semana: De Drake “causando” antes de seu show na noite de abertura, a Bon Jovi dando beijo em fãs no show que fechou o domingo, relembre um pouco do que rolou nos palcos do Rock in Rio 2019.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Leia também

Os chiliques do Drake

Se tem alguém que “causou” no primeiro fim de semana do Rock in Rio 2019 foi ele. O rapper canadense vetou a transmissão ao vivo do seu show minutos antes de começar por achar o palco pequeno e a iluminação irregular. Também se recusou a experimentar comida brasileira e só comia batata frita preparada pelo seu chef. Um show à parte.

Homenagem & humildade

Perto do final do show do Foo Fighters, com o líder e vocalista Dave Grohl nas baquetas e dando o microfone ao baterista Taylor Hawkins, que puxou (ou tentou) ‘Love of My Life’ mais de três décadas de Freddie Mercury & Cia fazerem história no primeiro Rock in Rio. Emendaram outra música do Queen, ‘Under Pressure’.

John ‘Beijovi’ já pode pedir música

Algumas fãs sortudas conseguem arrancar selinhos do cantor (Foto: Reprodução/TV Globo)

Pelo jeito já virou tradição. John Bon Jovi esteve no Rock in Rio em 2013 e beijou a fã Rosana Guedes. Na edição 2017 foi a vez de Ana Paula Souza Blengini subir ao palco para dançar e ganhar um selinho. E 2019 o veterano beijoqueiro voltou à ação, em dose dupla: Tamires e Maria foram as sortudas da noite.

Elza por elas

“Mulheres, gemer só de prazer. A realidade agora é outra. Chega de sofrer calada.”. Só por estas palavras, o show de Elza Soares já seria um dos melhores do Rock in Rio 2019. Mas ainda por cima Elza Soares canta muito, inclusive inclusive música do disco lançado em 2019, ‘Planeta Fome’, em plena flor dos 89 anos. Lenda viva da música e do Rock in Rio.

Do microfone para as baquetas

Ivete mostrou versatilidade ao assumir as baquetas (Foto por: Alexandre Schneider/Getty Images)

Que a energia de Ivete Sangalo não conhece limites isso todo mundo sabe. Mas vê-la mandando um solo de bateria com instrumento montado em uma plataforma elevada foi um pouco mais do que o coração dos fãs esperava. Tudo sem comprometer o figurino e ainda emendando o sucesso ‘Eva’ na sequência.