"BBB20": público acusa Gizelly de assediar Pyong e pede expulsão da participante

Gizelly e Pyong. Fotos: reprodução/Instagram/bbb

Uma atitude de Gizelly na madrugada deste sábado (14) causou polêmica entre os telespectadores do “BBB20”. Bêbada, a advogada toca inapropriadamente Pyong, enquanto o hipnólogo tentava levantar Flayslane, uma das responsáveis por algumas das punições que resultaram em bronca na casa após a festa de sexta.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nas redes sociais, boa parte do público reprovou a postura da sister, considerada assédio, e subiu a hashtag #GizellyExpulsa.

Leia também:

Embora alguns fãs da capixaba a defendam, dizendo que a atitude não teve cunho sexual, várias pessoas questionam como seria a repercussão se a situação fosse inversa.

Outros lembraram que o próprio Pyong já foi acusado de assédio no reality, mas a produção optou por mantê-lo na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

O ginasta Petrix, também envolvido em uma situação semelhante, ficou na casa até ser eliminado pelo público.

E até Prior, que foi bastante criticado por ter dado um selinho no hipnólogo, quando este estava bêbado, durante uma festa, nada sofreu.