"BBB20": público acusa Pyong de assédio após festa


Público acusa Pyong de assediar Marcela em festa do "BBB20"

Depois de Petrix ter sido eliminado com grande rejeição e até intimado a depor, Pyong é o acusado da vez de cometer assédio no “BBB20”. O público reclamou do comportamento do youtuber, que tentou beijar Marcela sem consentimento na festa Guerra e Paz, que avançou pela madrugada de domingo (9). A hashtag #ForaPyong ficou entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

A atitude do brother, até então considerado um dos queridinhos das redes sociais, decepcionou vários fãs. Na confraternização, o hipnólogo levou uma bronca da médica ao tentar beijá-la pela primeira vez: “Amanhã a gente vai conversar”. Depois de dizer que não havia feito nada, ele voltou a se aproximar, agarrou a sister por trás. A loura voltou a reclamar: “Pyong! Para! Tá doido? O que é isso?”.

Leia também:

Outro momento da noite que enfureceu os internautas foi uma mão boba em Flayslane na pista de dança. A cantora se afasta logo em seguida, e Pyong, bêbado, continua dançando, ao lado de Daniel.

Até pessoas que antes torciam pelo youtuber decidiram se posicionar contra o competidor no jogo e pediram sua expulsão.

Daniel investe em Marcela

Além da acusação de assédio, a festa ainda teve um clima entre Daniel e Marcela. O gaúcho resolveu se declarar para a ginecologista: “Tu sabe que eu sou livre, um menino do mundo. Mas quando a gente está perto, sinto alguma coisa. Então, se a gente puder viajar nessa van... pelo menos aqui no ‘BBB’. E ver o que acontece”.

A sister se divertiu com a conversa e afirmou: “Olha só, não faz isso comigo, não. Vamos devagar? Eu curto muito você também, você é muito parecido comigo. A gente tem um espírito muito parecido”.

Daniel se declara para Marcela no "BBB20". Foto: reprodução/TV Globo

Em seguida, os dois mencionaram a diferença de idade entre eles: o ex-Casa de Vidro tem 22 anos, e ela, 31. Marcela continuou com o pé atrás: “As coisas aqui são muito intensas. E qualquer coisa que aconteça, não tem como fingir que não aconteceu”.

Em outro momento, a sister revelou a Thelma o motivo de sua resistência à investida do rapaz.

“O problema é que gosto de uma pessoa lá fora. E aí não sei se a pessoa gosta de mim ou não. Se eu sair terça-feira, aí beijei na boca por carência, ridícula. Eu gosto dele, e quando olho para minha vida ele faz todo sentido. E essa criança de 22 anos não faz sentido nenhum. Será que não mandam uma carta dizendo se estou solteira ou não?”, questionou.