"BBB20": para decepção do público, Manu aperta botão e encerra quarto branco

Manu Gavassi aperta botão do Quarto Branco do "BBB20". Foto: reprodução/TV Globo

Anunciado como grande atração da semana no “BBB20”, o tão falado quarto branco, previsto para ir até domingo, durou cerca de oito horas, para decepção dos fãs do reality. Na madrugada deste sábado (7), Manu Gavassi apertou o botão vermelho, decisão que a confirma no paredão da próxima semana, sem direito a prova Bate e Volta contra o indicado do líder e o mais votado pela casa. Felipe e Gizelly, por ora, estão liberados da berlinda.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“A gente acha que é pegadinha da produção. A única coisa que o Tiago falou é que a pessoa que apertasse não sairia do programa, a voz dele só disse que estávamos no paredão sem direito a bate e volta”, explicou a cantora para os demais brothers.

Leia também:

Muita gente aqui fora, como a atriz e apresentadora Giovanna Ewbank, queria assistir por mais tempo às conversas entre eles, que se deram bem no castigo do monstro especial.

Nas redes sociais, os telespectadores lamentaram que a dinâmica entre o trio tenha durado tão pouco tempo.

Após o confinamento no cômodo especial, os participantes saíram de lá dizendo que seriam “melhores amigos”. Manu, inclusive, declarou que não vota mais em Prior: “Vocês que lutem”.

A dinâmica, no entanto, interfere no jogo do líder da semana, Pyong, que declarou que teria dificuldade de indicar Felipe para o paredão. Mas as especulações da casa ainda levam em conta o nome do jogador como forte opção.