BBB20: frases de Marcela e companhia que não parecem, mas são racistas

Marcela e Ivy, 'BBB 20' (Foto: Reprodução)
Marcela e Ivy, 'BBB 20' (Foto: Reprodução)

No 'Big Brother Brasil 20', já vimos de tudo: de demonstrações de sororidade à uma questão séria de racismo estrutural. Com Babu sendo o único homem restante na competição - e, também, um homem negro -, achamos que seria válido mostrar como algumas das frases faladas dentro da casa podem parecer inocentes, mas reproduzem. e reforçam ideias racistas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

E nos siga no Google News: Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Gizelly: "Eu não sei o que a Thelminha passa na cara, é barro?"

Quando se fala em padrão de beleza, já é sabido que as mulheres brancas, magras e loiras são sempre privilegiadas. Não é de hoje que a beleza preta tem pouco espaço no mundo da moda e da beleza, e levou muito mais tempo do que o aceitável para as grandes marcas começarem a se preocupar com peles que não são brancas. A prova disso está contida no comentário de Gizelly, que fez pouco caso da base usada por Thelma para se maquiar.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Leia também

Manu Gavassi: "Pra mim, casal que a cor combina é muito forte"

A frase de Manu foi um "elogio" para o casal Marcela e Daniel: "Pra mim, casal que a cor combina é muito forte. Esteticamente falando, vocês são muito agradáveis. Parabéns". O motivo é o mesmo que vimos no ponto acima, a perpetuação de um padrão de beleza que considera bonito apenas as pessoas de cor branca.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ivy: "Quem que penteia o cabelo com um 'trem' desse?"

Internet afora, o que mais se vê são comentários no Twitter sobre o racismo de Ivy, que ficou muito explícito no caso do pente garfo usado por Babu para cuidar do cabelo. Ao lado de Gizelly e Pyong, Ivy continua ironizando o acessório, até mesmo comparando o cabelo de Babu com o de Daniel: "Mas o do Daniel é sem agrotóxico".

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Gizelly: "Só se tiver macumbado"

Referências errôneas e ofensivas às religiões de matriz africana são comuns, e o uso ofensivo da palavra "macumba" já surgiu até mesmo no 'BBB 20'. Na ocasião, Gizelly disse que só não comeria o arroz feito por Babu se ele estivesse "macumbado".

Marcela: "Babu é o dono da cantina"

Mais uma vez, Marcela fez um comentário que liga diretamente pessoas pretas com profissões que exigem menor nível de escolaridade - um reflexo da desigualdade social que vemos no Brasil.

Daniel: "A imagem dele eu só vejo lá, não vejo aqui"

A frase de Daniel rodou as redes sociais justamente pelo racismo contido nela. Ali, o participante dizia que só via a imagem de Babu na Xepa e não no Vip, fazendo, mais uma vez, uma livre associação de pessoas pretas com lugares e situações considerados inferiores.

Ivy: imitação de Babu e a ideia de monstro

Por fim, mas não menos importante, um dos momentos mais polêmicos de Ivy no BBB diz respeito à forma como ela imitou Babu durante uma conversa com os outros brothers. A ideia de que Babu é um monstro, agressivo e descontrolado, é a clara demonstração de como é feita e perpetuada a imagem do homem preto.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.