BBB19: "Eu vou me retratar com a Gaiola", diz a ganhadora Paula

Reprodução Globo Vídeos

Por Giselle de Almeida

“Tentar falar menos, medir minhas palavras”. Se tem uma lição que Paula vai levar do Big Brother Brasil 19 vai ser essa. Em sua primeira entrevista após vencer o reality show, a mineira preferiu ser cautelosa ao comentar a investigação que sofre por racismo e intolerância religiosa por causa de declarações consideradas preconceituosas que deu no programa.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Depois de afirmar que precisava “ter noção da vida” antes de se aprofundar no assunto, a loura se mostrou disposta a assumir as consequências.

‘Eu vou me retratar total com eles (os integrantes da Gaiola), com o Brasil, com quem for, quando eu souber o que está acontecendo”, afirmou, em entrevista coletiva logo após a decisão do programa, nos Estúdios Globo, no Rio.

Em certa passagem, no programa, Paula declarou que a Globo seria processada pelas coisas que ela falava. “Eu falo pelos cotovelos sem pensar, tenho certeza que magoei pessoas lá dentro. Eu tinha muito medo de sair da casa por causa disso. Tenho noção que eu falo coisas desnecessárias 24 horas por dia”, disse.

Mesmo assim, não carrega arrependimentos, pois diz que foi verdadeira dentro do confinamento. “Eu era eu, errando, sendo processada. Ganhei R$ 1,5 milhão, vou encarar tudo”, declarou.

O que vai fazer com o dinheiro

Sobre o prêmio do programa, Paula havia prometido compensar a amiguinha Hariany, parceira desde o início do jogo, que foi expulsa por agressão um dia antes da grande final. O desejo está mantido.

“Vou pensar junto com ela, vou ver o que ela precisa. Ela ia ganhar no mínimo R$ 50 mil. Então agora que eu ganhei o prêmio, posso ajudá-la da forma que precisar”, afirmou.

O restante do dinheiro já tem destino certo. “Eu sou muito pão dura comigo, mas pra minha família eu dou tudo. Vou pagar todas as contas de casa”, disse.

No jogo, Paula ficou marcada também por ser uma adversária forte nas provas de resistência. Afirmou que só não venceu mais uma porque era em dupla. “Descobri muita coisa dentro de mim, até eu fiquei surpresa. Desistir nunca passou pela minha cabeça. Pensava daqui a pouco vou estar acordando na minha caminha”, contou.