'BBB 22': Tiago e Rodrigo citam homofobia dos pais

·2 min de leitura
Tiago ganhou uma luva de boxe porque sonhou em ser bailarino (Divulgação/BBB)
Tiago ganhou uma luva de boxe porque sonhou em ser bailarino (Divulgação/BBB)

Por Halitane Rocha

  • Relacionamento tóxico do Rodrigo com o pai

  • Tiago achava que homem não podia dançar

  • Masculinidade tóxica afeta famílias

Durante conversa na beira da piscina nesta quarta-feira (19), Tiago Abravanel e Rodrigo Mussi expuseram comportamentos homofóbicos que sofreram por parte da família.

Tiago Abravanel e Rodrigo Mussi conversaram hoje na beira na casa do BBB sobre o relacionamento tóxico e comportamentos homofóbicos que sofreram por parte da família.

Rodrigo relembrou como era a convivência com o pai antes dele falecer, e disse que ele o rebaixava muito por causa das roupas: "Bermuda acima do joelho e camiseta rosa era coisa de v*ado".

Rodrigo era criticado por usar bermuda acima do joelho e camiseta rosa
Rodrigo era criticado por usar bermuda acima do joelho e camiseta rosa (Divulgação/Globo)

Depois do desabafo de Rodrigo, Tiago também recordou momentos delicados que passou com a família.

Aos 4 anos, ele viu o bailarino Baryshnikov, na televisão. "Não sabia que homem podia dançar. Perguntei pra minha mãe (Cintia Abravanel) e ela disse que podia. Ali eu disse: 'Mãe, eu quero ser bailarino', recorda.

Mas o pai e empresário, Paulo Cesar Corte Gomes, não apoiou o filho e no aniversário seguinte lhe deu uma luva de boxe de presente.

Apesar do pai relutar em aceitar o filho como um artista, Tiago diz que eles conversam sempre que é possível. A última vez foi logo antes entrar no reality.

"O meu pai é muito engraçado. Pedi pra ele não contar sobre o 'Big Brother' e ele disse: 'Eu não contei não. Só disse pra galera assistir o 'Big Brother'", disse.

Tiago discursou na Dança dos Famosos pelos direitos dos LGBTQIA+ (Divulgação/Globo)
Tiago discursou na Dança dos Famosos pelos direitos dos LGBTQIA+ (Divulgação/Globo)

Morte do pai de Rodrigo

Rodrigo já havia dito que teve uma relação conturbada com o pai em suas chamadas do reality show. Ele foi expulso de casa ainda na adolescência.

Eles se reconciliaram, mas logo depois o pai morreu.

"Ele começou a se reaproximar e me chamou para sair, me pediu desculpas, o que me pegou de surpresa. Nesse dia, resolvi segui-lo de carro até em casa. Vi ele bater, saí correndo, mas morreu no meu colo", contou o brother para o neto de Silvio Santos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos