“BBB”: por onde andam os campeões do programa?

·4 min de leitura
Kleber Bambam, Thelma Assis e Juliette Freire (Foto: reprodução/Globo)
Kleber Bambam, Thelma Assis e Juliette Freire (Foto: reprodução/Globo)

Com Arthur Aguiar, Douglas Silva e Paulo André Camilo na final, o “BBB 22” termina nesta terça-feira (26). Mas você sabe ou já se perguntou como estão os participantes que não só chegaram tão longe como venceram suas respectivas edições?

Kleber Bambam - "BBB 1"

Depois de trabalhar em um programa humorístico com Renato Aragão, na TV Globo, ele investiu nas carreiras de DJ e fisiculturista. Hoje, mora em Las Vegas, nos Estados Unidos, e é dono de uma loja de produtos esportivos.

Rodrigo Cowboy - "BBB 2"

Perdeu tudo que conquistou com o dinheiro do prêmio e, atualmente, vive de aluguel, trabalha como corretor de imóveis e está noivo. Pretende se casar (pela terceira vez) com a também corretora Fabiana Pastori.

Dhomini - "BBB 3"

Outro caso de má administração. No entanto, o ex-namorado de Sabrina Sato conseguiu se reerguer e, hoje, além de empresário, oferece cursos e palestras sobre empreendedorismo.

Cida - "BBB 4"

Primeira mulher a vencer o “Big Brother Brasil”, a ex-babá preferiu se afastar dos holofotes e leva uma vida sem luxo. Nas poucas entrevistas que topou dar, revelou que estava endividada e havia levado um calote de parentes. Em 2014, ela se candidatou ao cargo de deputada federal, mas não conseguiu se eleger.

Jean Willys - "BBB 5"

Um dos aliados de Grazi Massafera na época, trabalhou como professor universitário e conseguiu se eleger deputado federal pelo PSOL do Rio de Janeiro. Porém, em 2019, renunciou da vida política e decidiu se mudar para Berlim, na Alemanha, pelas constantes ameaças de morte que recebia.

Mara - "BBB 6"

Ex-auxiliar de enfermagem, ela também soube fazer o dinheiro render: comprou uma pousada em Porto Seguro, na Bahia, se formou em Teologia e, agora, cursa Psicologia.

Diego Alemão - "BBB 7"

Por ter caído nas graças do público, conseguiu trabalhar como apresentador do Multishow por alguns anos. No momento, investe no lado empresário e, nas horas vagas, não é raro encontrá-lo surfando.

Rafinha - "BBB 8"

Assim como durante sua passagem pela casa mais vigiada do Brasil, foi esperto e aplicou o prêmio. Acabou desistindo da música e, desde 2014, foca no estúdio de tatuagem que abriu no interior de São Paulo.

Max Porto - "BBB 9"

Um dos grandes estrategistas que já passaram pela atração, o artista plástico virou também criador de conteúdo sobre reality shows e oferece cursos para quem sonha em trabalhar com jogos e/ou redes sociais.

Marcelo Dourado - "BBB 10"

Eliminado na quarta edição, recebeu uma segunda chance de Boninho (e do público) em 2010 e ficou milionário. Sem pretensões artísticas, continua atuando como educador físico e dá aulas de artes marciais.

Maria Melilo - "BBB 11"

Aposta da Globo, participou da novela “Insensato Coração” e integrou o elenco do “Casseta e Planeta”. Recuperada de um câncer no fígado, descoberto em 2013, ela faz trabalhos como atriz, modelo e influenciadora.

Fael Cordeiro - "BBB 12"

O médico veterinário teve como principal investimento a compra de duas fazendas. Também está à frente de um centro de capacitação para veterinários e agrônomos e não pretende voltar para a mídia tão cedo.

Fernanda Keulla - "BBB 13"

Um dos rostos que víamos até pouco tempo atrás no #RedeBBB, que recebe os eliminados do programa para a primeira entrevista. Agora, a ex-advogada faz parte do quadro de repórteres de um programa esportivo transmitido pela RedeTV!.

Vanessa Mesquita - "BBB 14"

Formada em Medicina Veterinária, ela criou e se dedica a um instituto que defende e resgata animais. Também trabalha com lojas de suplementos, criou uma marca de lingeries e fez faculdade de Marketing.

Cezar Limma - "BBB 15"

Ele até tentou emplacar como cantor, mas não rolou. Na sequência, optou por focar na criação de conteúdo no YouTube. Também não hitou. Porém, Cezar vive bem com a esposa e o filho em uma fazenda e usa os conhecimentos de advogado e economista para investir na bolsa de valores.

Munik Nunes - "BBB 16"

O sucesso no “BBB” foi tão grande que ela foi convidada pela Record para participar de outro reality show, o “Power Couple”, com o ex-marido, Anderson Felício. De namorado novo, o empresário Paulo Simão, trabalha como influenciadora digital.

Emily Araújo - "BBB 17"

Uma das campeãs mais polêmicas. Emily não conseguiu realizar o sonho de ser atriz, mas vai bem como apresentadora na RedeTV! e, claro, como influenciadora digital.

Gleici Damasceno - "BBB 18"

Tentou repetir o sucesso no reboot de “No Limite”, mas foi eliminada muito antes da final. No entanto, ela se tornou embaixadora de uma grande marca de beleza e fatura alto com publicidade nas redes sociais.

Paula von Sperling - "BBB 19"

Apesar das polêmicas, também garantiu bons contratos como influenciada e leva uma vida muito mais luxuosa do que quando apareceu na televisão pela primeira vez.

Thelma Assis - "BBB 20"

Médica anestesista, ela também se tornou embaixadora de uma grande marca de beleza, entre outras parcerias de peso como influenciadora. Hoje produz conteúdo para o YouTube e escreveu um livro sobre sua trajetória.

Juliette - "BBB 21"

Como Tiago Leifert previu, ela nunca mais se sentiu sozinha. Fechou contratos milionários como influenciadora e ainda teve a oportunidade de lançar um EP com o toque de Anitta. No momento, está fazendo shows nas principais capitais do país para divulgar as músicas paralelamente aos trabalhos com publicidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos