BBB 21: Pocah bebe, passa mal e câmeras são cortadas na madrugada

Bárbara Saryne
·3 minuto de leitura
A funkeira ficou abalada após o jogo da discórdia (Foto: Reprodução/Globo)
A funkeira ficou abalada após o jogo da discórdia (Foto: Reprodução/Globo)

A direção do 'BBB 21' liberou bebida para os brothers comemorarem o aniversário de 80 anos do Rei Roberto Carlos nesta segunda-feira (19). Pocah, que estava abalada desde o jogo da discórdia, acabou bebendo demais e passando mal na madrugada. A cantora precisou de atendimento médico e as câmeras da casa foram cortadas imediatamente.

Ainda não se sabe o que de fato aconteceu com Pocah enquanto a transmissão ficou fora do ar. Pelos diálogos dos participantes, no entanto, imagina-se que a artista tenha desmaiado. Camilla chegou a pedir ajuda para carregar a sister e Arthur comentou com Juliette que ficou com receio de entrar no banheiro e a moça estar sem roupa. 

Leia também:

No Twitter de Pocah, a equipe afirmou que a direção do programa teria alertado os participantes sobre o estado dela. "Pocah passou mal no banheiro e a voz alertou os brothers para ajudá-la. Arthur, Juliette e Camilla foram ajudar. Arthur a levou até o confessionário, Pocah recebeu atendimento e já está de volta ao quarto. Dormindo. Vida que segue", diz o perfil oficial.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O jogo da discórdia

O programa ao vivo desta segunda-feira (19) foi um gatilho para Pocah. A sister, que já havia discutido com Juliette por causa de voto, teve a sensação de que não soube usar o espaço dado por Tiago Leifert para se defender à altura.

Na ocasião, a paraibana afirmou que criou expectativas sobre Pocah e por isso se sentiu "boba" ao ser votada por ela. 

"Estou me sentindo traída pelas minhas próprias decisões e expectativas. A Pocah teria todo direito de votar em mim, assim como votou outras vezes e eu não reclamei. Eu que idealizei algo diferente, que nossas conversas e aproximação seriam diferentes, mas respeito o voto dela", disse Juliette.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Em outro momento, a advogada afirmou que poderia ter se protegido votando em Pocah e evitando o empate, mas achou melhor votar com o coração. "Prometi que ia jogar e voltei atrás nos 45 do segundo tempo. Me traí e quero pedir desculpa a mim mesma", completou.

Pocah pediu para falar, mas não citou Juliette. A funkeira apenas falou sobre se sentir perseguida pela casa. Depois do caso passado, ela se arrependeu de não ter usado o programa ao vivo para rebater a fala da rival.

"Já reclamei algumas vezes sobre me sentir só, me sentir excluída. Dói muito ter esse sentimento. Talvez, como Arthur falou, nem seja culpa de alguém. Talvez, sim, seja culpa minha de criar expectativa demais em outras pessoas, jogar responsabilidade demais em outras pessoas quando elas já têm suas prioridades", desabafou.  

Entenda a treta de Juliette e Pocah