Advogada, ex-BBB Adélia critica Bolsonaro: "Irresponsável"

Amanda Caroline
·3 minuto de leitura
Advogada há 18 anos, Adélia Soares é professora e especialista em direitos do consumidor (Foto: Reprodução/Instagram @dra.adeliasoares)
Advogada há 18 anos, Adélia Soares é professora e especialista em direitos do consumidor (Foto: Reprodução/Instagram @dra.adeliasoares)

A ex-BBB Adélia Soares voltou a ser assunto na internet nos últimos dias. A advogada, especialista em direitos do consumidor, é uma das autoras da liminar que impede que os brasileiros tenham os serviços de água, luz, gás e telefone cortados por inadimplência durante a pandemia do novo coronavírus. Em entrevista ao Yahoo, ela comemora o feito, um dos destaques dos seus 18 anos de carreira.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

“Eu sempre penso no que posso fazer pelos outros. Por isso, entrei com uma ação civil pública, o Judiciário reconheceu a urgência e foi supersensível. Os brasileiros não terão mais uma preocupação”, diz Adélia, que também é professora universitária e foi diretora do Procon de Suzano (SP) por 12 anos. “Fiz a minha parte e a sensação é de dever cumprido. Vi algo que ajuda o país inteiro se concretizar”, completa.

Leia também

A participante do ‘BBB 16’, que era rival de Ana Paula Renault no reality show, é simpática às causas sociais, tanto que tentou ingressar na carreira política em 2018. Ela se candidatou a deputada federal pelo partido Patriota, mas não foi eleita. Adélia acabou engravidando no período de campanha e optou por se resguardar pois a gestação era de risco. “Tinha todo um projeto político, mas era um momento ruim. Não estava totalmente plena”, relembra.

Adélia, de 40 anos, participou do 'BBB 16' (Foto: Reprodução/Instagram @dra.adeliasoares)
Adélia, de 40 anos, participou do 'BBB 16' (Foto: Reprodução/Instagram @dra.adeliasoares)

Entretanto, a advogada não fecha essa porta e avalia sua participação nos próximas eleições. “A política precisa ser renovada. Precisamos de mulheres no poder, de representatividade. Por que existem pouquíssimos negros deputados? Por que nenhum negro é governador? Quando estivermos no topo do poder, poderemos ajudar o nosso povo e exigir cotas pra igualar a nossa sociedade”, dispara.

“Bolsonaro está completamente perdido”

Adélia diz que não é eleitora de Jair Bolsonaro (sem partido), mas não torce para que ele faça um governo ruim. Entretanto, critica as ações do presidente em meio à campanha de enfrentamento da covid-19. Ela, que contribuiu para o bem-estar da população neste momento, diz que Bolsonaro é irresponsável em relação ao isolamento social.

“Acho que ele está completamente perdido. Muda de opinião o tempo todo, causando instabilidade e incertezas. Ele é irresponsável quanto ao isolamento e jamais poderia estar agindo da forma que está. Todos os países tomaram a medida de isolamento. Por que esse cidadão insiste em dizer que não é importante? Se não entende do assunto, tem que obedecer o técnico no assunto”, opina.

“Se ele ficar doente, vai para o [hospital] Albert Einstein, um Sírio Libanês, e não vai morrer. Quem vai morrer mesmo nas calçadas é o povo”, finaliza.