"BBB 22": Tadeu Schmidt já superou Tiago Leifert nos discursos de eliminação

·3 min de leitura
Tadeu Schmidt já superou os discursos de eliminação de Tiago Leifert no BBB (reprodução/TV Globo)
Tadeu Schmidt já superou os discursos de eliminação de Tiago Leifert no BBB (reprodução/TV Globo)

Resumo da notícia:

  • Tadeu Schmidt já superou Tiago Leifert nos discursos de eliminação do BBB

  • Demonstrando muito mais repertório que o seu antecessor, apresentador tem conseguido tirar emoção de edição monótona

  • Até o momento, ele pode ser considerado o único acerto da edição

Tadeu Schmidt se destacou mais uma vez com um discurso de eliminação no "BBB 22" nesta terça-feira (8). Depois de emocionar o público ao se comunicar em libras para Jessilane na semana passada, o apresentador relembrou frase icônica de Douglas Silva em "Cidade de Deus" (2002) e pediu mais empenho de todos os participantes durante a eliminação de Naiara Azevedo. A mensagem emocionante, fácil de ser entendida e, principalmente, satisfatória como há tempos não víamos no reality show.

Em poucas semanas, a impressão é que Tadeu Schmidt já deu a sua cara ao programa ao menos nos discursos de eliminação - curiosamente, o ponto fraco do seu antecessor. Sim, ninguém discute os méritos de Tiago Leifert no comando do programa, mas há de se reconhecer que o apresentador paulista sempre penou em falas mais longas, quase sempre transparecendo nervosismo.

Diferentemente de Tiago Leifert, Tadeu Schmidt tem demonstrado repertório: em 22 edições, ele foi o primeiro apresentador a conversar em libras com uma participante - uma sacada que emocionou e surpreendeu o público. Ao relembrar Zé Pequeno, o personagem mais importante da carreira de Douglas, deixou claro, com todo o respeito, que espera mais do ator na casa nas próximas semanas.

Além disso, Tadeu ainda falou de política de um jeito tão sutil que muitas pessoas só foram perceber do que ele estava falando no dia seguinte, ao rever o discurso. Ao pedir um pouquinho mais de reflexão na hora do voto, seja qual for, ele se diferenciou por completo de Leifert - uma pessoa que já defendeu que futebol (que não deixa de ser um... jogo) e assuntos sociais não poderiam se misturar em coluna para a GQ Brasil.

Nos anos anteriores, o público se acostumou com discursos de eliminação bem simplórios - muitas vezes com analogias pobres sobre videogame e futebol. Se Tiago Leifert tinha uma facilidade ímpar de conversar com o público (sempre antecipando os novos passos do game e, às vezes, até o incitando torcidas a combater as "plantas" do jogo), ele demonstrava uma dificuldade inversamente proporcional na hora de comunicar os participantes que eles estavam fora da disputa pelo prêmio.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus e-mails em 1 só lugar

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Sobretudo pelo domínio do seu discurso, o desempenho de Tadeu Schmidt é bastante satisfatório em seus primeiros dias no comando da atração. Lidando com um elenco carente de atitude e de carisma, o apresentador tem conseguido arrancar emoção de um solo aparentemente infértil e ainda conseguido passar recados importantes de um público sedento por entretenimento. Se a edição atual do BBB teve algum acerto, não temos dúvida: foi na escolha do nome do seu novo apresentador.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo: