BBB22 rende R$ 600 mi à Globo e já é o mais lucrativo da história

·3 min de leitura
Tadeu Schmidt apresentará o BBB22 (Divulgação/Globo)

Resumo da Notícia:

  • Emissora já vendeu 11 cotas de patrocínios

  • O objetivo da Globo é estrear o BBB22 com R$ 700 milhões no caixa

  • A temporada já é a mais lucrativa da história

Deixando de lado a confusão entre Ícaro Silva e Tiago Leifert a respeito do Big Brother Brasil, uma coisa é certa: o reality show movimenta uma cifra milionária e enche os cofres da Globo por conta das ações de merchandising e patrocínios. Com a nova temporada do reality show, a emissora ganhará, no mínimo, R$ 700 milhões, tornando-se a mais lucrativa da história. E quase todas as cotas já foram vendidas a anunciantes.

A edição de 2021 já havia sido um marco na história do programa, que antes mesmo de estrear já havia fechado com oito grandes empresas, responsáveis por injetar R$ 530 milhões no programa. As cifras só aumentaram ao longo da temporada, por conta de marcas que decidiram patrocinar provas e festas dentro da casa. O valor final ainda não foi revelado. No total, foram 21 anunciantes, que promoveram 196 ações diferentes.

A Globo segue com essa mesma expectativa para este ano. Além de garantir esse valor recorde, ampliou o número de cotas de patrocínio e as dividiu em três categorias para atingir diferentes tipos de empresas, tanto as que têm mais dinheiro disponível quanto aquelas que preferem opções mais econômicas.

Até o momento, existem 11 empresas investindo pesado no Big Brother Brasil 22: Above, Americanas, Avon, C&A, Engov, Heineken, McDonald’s, P&G, PicPay, QuintoAndar, Seara. Ainda resta vaga para mais uma entrar no grande pacote.

Mas nem todas estão pagando o mesmo valor para se associarem ao maior reality show da TV brasileira. Algumas estão investindo quase oito vezes mais que outras, em troca de maior exposição e visibilidade dentro do programa.

É o caso da Americanas, Avon e PicPay, que estão injetando R$ 91.939,00 milhões cada, por terem comprado a cota Big, a mais cara de todas. Com isso, terão entradas na Globo, no Multishow, no Globoplay e nas redes sociais de todas as plataformas envolvidas no pacote de transmissão do reality show. Ainda resta uma vaga disponível para quem quiser investir pesado no programa.

Já as empresas C&A, Heineken, P&G e Seara estão colocando R$ 69.646,00 milhões no BBB22 por terem comprado a cota Camarote, considerada a segunda linha de patrocinadores. O pacote de benefícios é semelhante à Big, mas com um volume substancialmente menor de entradas na Globo e no Multishow.

Por fim, a cota Brother, criada para esta edição, abraça o grupo de anunciantes mais comedidos, que preferiram investir apenas R$ 11.843,00 milhões no reality show. Neste pacote, a visibilidade na TV e nas redes sociais é proporcionalmente inferior à de quem abriu mais a carteira para dar as caras no programa.

Além dos patrocínios convencionais, a Globo criou outras plataformas de entrada de dinheiro por meio do BBB22. Existe um contrato fechado com a Coca-Cola, que decidiu patrocinar todas as sessões do Cinema do Líder. Por conta deste acordo, a emissora faturou algo em torno de R$ 20 milhões.

Ainda existem outras marcas negociando com a Globo para aparições em provas e outras dinâmicas, como Downy, Doriana, Fiat e 99, mas o modelo de suas participações ainda não foi definido pela emissora.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos