"BBB 22": Maldição do rosa? Cor segue fazendo vítimas no reality

·2 min de leitura
Brunna Gonçalves é a mais nova vítima da
Brunna Gonçalves é a mais nova vítima da "maldição do rosa" (Foto: Reprodução/Twitter)

A dançarina Brunna Gonçalves foi a eliminada do "BBB 22" na noite da última terça-feira (22) com 76,18% dos votos e, como apontam internautas, ela se tornou mais uma estatística para a temida "maldição do rosa". O termo surgiu após a web perceber que essa cor foi aquela que diversos ex-BBBs usavam no dia em que foram eliminados da atração.

Além de Brunna, Bárbara também usava a cor na noite de sua saída da casa e antes dela, Bianca "Boca Rosa" Andrade, Gil do Vigor e Carla Diaz, do "BBB 21" e Marcela McGowan e Flay do "BBB 20" também escolheram a cor para seu vestuário no dia de suas respectivas eliminações.

Antes da saída da esposa de Ludmilla acontecer, diversos influencers estavam na expectativa de que a dançarina quebraria a maldição: "Será que a Brunna vai quebrar a maldição do rosa hoje?", refletiu o influencer Vittor Fernando, mas, por outro lado, alguns internautas já apontavam que o rosa indicava o final da história de Brunna: "A Brunna tá de rosa e o final da história já sabemos", postou um espectador do programa.

As companheiras do quarto lollipop, Eslovênia, Laís e Larissa também usaram rosa como forma de apoiar a dançarina. "Obrigada a todos que vestiram rosa por mim", disse ela.

Porém, logo após a saída de Brunna, Eslovênia caiu no choro e calculou que agora os próximos a sair do programa deve ser alguém do quarto dela. Será que a maldição do rosa se confirmará novamente? Ou alguém terá a coragem (e o apoio do público) para quebrar o ciclo? Só o tempo dirá.