BBB 21: Relembre cada detalhe e como começou a briga entre Karol Conká e Lucas

·6 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Talvez você saiba o que está rolando entre a cantora Karol Conká e o ator Lucas Penteado dentro do Big Brother Brasil 21. Porém, a cada dia os acontecimentos mudam, e a história aumenta. Portanto, relembre desde o começo tudo o que aconteceu em cada detalhe. A discussão ultrapassou a TV e repercute fora da casa. Tudo começou durante a primeira festa do BBB. O ator Lucas Penteado se mostrou favorável à ideia de conhecer melhor Kerline. Ele falou para a sister: "Quer saber de um bagulho? Quero pegar você e não sei mais o que falar, é isso. Eu pego você fácil, é só você falar que sim." Ela desconversou e voltou ao assunto anterior sobre Lucas agir como cupido durante a celebração. Em outro momento, Kerline se mostrou muito incomodada com Lucas por ele ter tentado arrumar um affair para ela durante a festa. No fim da comemoração, ela chamou Lucas para conversar. "Você chega no quarto e promove desafios para as mulheres", disse ela. "Não separa por gênero, pelo amor de Deus. Se você vê gênero, desculpa", rebateu o ator. Na discussão, Lucas Penteado afirmou que não é perfeito e que gostaria de saber o que ele fez que magoou a sister. Kerline começa a falar, mas foi interrompida por ele. Depois, ela completou: "Mais uma vez você não me deixou terminar de falar...Eu achava que você era uma pessoa muito empática, de ouvir. Você não ouve, você não escuta [...]". Ele se sentiu chateado por ela ter dado a entender que também ficaria com ele. Dias depois, assim como já havia acontecido na primeira festa, o reality voltou a registrar brigas na madrugada. Em meio a muita discussão, Lucas Penteado chegou a arrumar suas malas para deixar o programa. Outros competidores fizeram uma reza no início da manhã contra as energias pesadas. Mais uma vez, Kerline terminou chorando no quarto colorido, o que motivou outros brothers a tentarem conversar com Lucas. A cantora Karol Conká o confrontou e afirmou que ele não irá desestabilizar Kerline. Lumena também ficou alterada e discutiu com o companheiro de confinamento, que tentou se explicar. Camilla de Lucas também acabou se desentendido com o brother: "O jogo afeta as pessoas. Ele não está bem. Aqui é um jogo e a gente entrou aqui para jogar. Corromper ou não o caráter é de cada um. O Lucas não está bem, ou gente, estamos cegos", afirmou ela, que desabafou com o líder Nego Di. O clima ficava insustentável e Lucas começou a ser excluído. De repente, a classe artística começou a se posicionar, a princípio, contra Lucas. Dentre eles Rafa Kalimann, a cantora Lexa e Marília Mendonça. A empresa Vpress, que prestava assessoria ao ator, decidiu encerrar os serviços firmados com o confinado, rompendo o contrato estabelecido. Mas tudo começou a mudar depois de Karol começar a pesar a mão e as palavras em cima de Penteado. A rapper Karol Conká começou a ser alvo nas redes sociais com uma hashtag #karolConkáExpulsa. O tema ficou entre os temas mais comentados no Brasil e no mundo pelo Twitter. O descontentamento com ela tem como base a maneira como ela tem tratado Lucas. Na hora de comerem, Karol expulsou Lucas da mesa e disse que ele só poderia se sentar no momento em que ela saísse do local. "Quero comer na paz do senhor, entendeu? Não quero que você fale enquanto estou comendo. Me respeita", começou. Lucas perguntou se ela estava falando com ele e depois pediu desculpas ao sair. "Você não sabe calar a boca então é melhor sair mesmo. Não desculpo. Vá à merda, se faça de louco lá fora, pede para sair. Já deu", retrucou a cantora. Na sequência, com Lucas já dentro do quarto, a cantora continuou a esbravejar aos outros colegas na cozinha. "O cara não cala a boca. E eu não vou chamar ninguém para comer, ele que adivinhe a hora que eu terminar. Se fosse louco não estava aqui dentro. Só vai comer quando eu sair da mesa, qualquer coisa me bota no Paredão", emendou. "Se ele faz tortura psicológica também posso fazer", disse. Artistas estão contra Conká. São os casos de Ludmilla, que disse que fará mutirão para quando ela estiver ao Paredão, e Jojo Todynho, que disse que não seguirá mais a cantora. O cantor Emicida, parceiro dela no rap nacional, usou o Twitter para atrelar o nome de Karol a emojis de tristeza. Ingrid Guimarães disse que não estava conseguindo assistir aos vídeos de Conká, pois "não trabalha bem com perversidade". Depois de muita pressão, Karol começou a mudar seu pensamento. Nesta terça-feira (2), em conversa com o brother, ela disse que não iria mais atacar o rapaz. "Eu não sou uma pessoa raivosa, eu estava raivosa", ponderou Karol após parecer ter tido uma espécie de peso na consciência. Ela continuou: "Eu calculei direitinho as palavras que iria falar para você. Falei: 'vou jogar com o psicológico dele'", emendou. Na sequência, a cantora fez uma mea-culpa ao lembrar que acabou ultrapassando os limites com o concorrente na forma como se referiu a ele com xingamentos. "Se ele realmente cagasse para mim, não teria ficado triste comigo. Você não é um merda. Sua atitude foi merda, mas você não é um merda", afirmou. A equipe do ator Lucas Penteado, participante do BBB 21, decidiu iniciar os trâmites de um processo contra a cantora Karol Conká. A revelação foi publicada na conta do artista no Instagram. "Após analisar os vídeos com as declarações da cantora Karol Conká, a assessoria do ator Lucas Penteado informa que iniciará os procedimentos que objetivam a responsabilização pelos danos oriundos dos atos ilícitos praticados pela artista', diz o comunicado. Mas do lado de fora a situação de Karol já está complicada. Até mesmo a equipe da cantora resolveu se pronunciar por causa dos ataques recebidos nas redes sociais. De acordo com eles, apesar de entenderem, há um exagero por parte do público. "O BBB gera também debates extremamente importantes para nossa sociedade, pois o assunto é discutido com uma enorme visibilidade e audiência. Há de fato uma responsabilidade social ao entrar na casa. Portanto, é normal o público amar e detestar o participante perante as suas atitudes, falas e posicionamentos dentro do jogo", começou o comunicado. "Por isso, o nosso papel aqui é falar sobre a Karol Conká e o seu momento no BBB. É compreensível toda a revolta por suas falas, ações e pelo modo como tem se posicionado, no entanto isso está ultrapassando todos os limites de um cancelamento também. Em um tsunami de situações, o ódio está evidente, são chuvas de ataques desproporcionais", diz.